É na freguesia de Bucos, no concelho de Cabeceiras de Basto, que um grupo de dez mulheres mantém viva a arte de fiar e tecer lã à mão. O processo que se inicia com a tosquia das ovelhas segue prolongado até à concepção de peças variadas de vestuário. A arte, que quase cai em desuso, ganha uma nova vida com a Casa da Lã, onde as mulheres trabalham e podem ver os seus produtos serem vendidos a apreciadores do conceito.

Casa da Lã

Mulheres de Bucos trabalham lã à mão

Mulheres de Bucos trabalham lã à mão