OCDE prevê taxa recorde de desemprego em 2013

28.11.2011 - 20:03
A taxa de desemprego em Portugal vai continuar a crescer nos próximos dois anos, atingindo um máximo histórico de 14,2% em 2013, segundo previsões divulgadas esta segunda-feira pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico.
 
Vasco Neves/Global Imagens

Este valor previsto pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) é o equivalente a quase um desempregado por cada sete trabalhadores portugueses.

A OCDE divulgou esta segunda-feira previsões de um agravamento da economia portuguesa em 2012, traçando um cenário mais pessimista do que o Governo e a Comissão Europeia, com uma contracção do PIB a rondar os 3,2% e a taxa de desemprego a chegar aos 13,8%.

Para 2013, a OCDE prevê uma recuperação de apenas 0,5% do PIB, enquanto a taxa de desemprego atinge os 14,2%, o valor mais alto de sempre registado pela organização para Portugal.

Nas previsões da OCDE, a taxa de 14,2% seria a terceira mais alta entre os 34 membros da organização, inferior apenas à da Grécia (18,7%) e da Espanha (22,7%).

"Vejo com muita preocupação (as previsões divulgadas), mas sabemos que antes de conseguirmos alcançar um processo de ajustamento da economia nacional haverá um aumento da recessão e um agravamento do desemprego antes de as coisas começarem a melhorar", disse à imprensa o ministro da Economia e do Emprego, Álvaro Santos Pereira.

 
 
Fazemos Bem JN 300x100
BT Edições Multimédia
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
VER VÍDEO
Atualidade

O anúncio das medidas de coação aplicadas a Sócrates

Live TrailersVirados do Avesso
Live ClipsMC dos Dealema lança o segundo disco a solo
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

17 Comentários


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled