Avião mais rápido do mundo desaparece sem deixar rasto

12/08/2011
O Pentágono, Departamento de Defesa dos Estados Unidos, informou, quinta-feira, que o avião mais rápido do mundo desapareceu durante uma missão de teste sobre o Oceano Pacífico.
 
Avião mais rápido do mundo desaparece sem deixar rasto
foto D.A.R.P.A
HTV-2 Falcon

Segundo o comunicado da Agência de Defesa e Pesquisa de Projectos Avançados dos EUA, o "HTV-2 Falcon" foi lançado "a bordo" de um foguetão, a partir da Base da força aérea Vandenberg, na Califórnia, no que deveria ser uma "missão sem falhas", mas desapareceu sem deixar rasto.

Após a separação com o foguete, o avião ficou em silêncio, durante a fase de voo livre, e efectuou uma série de manobras de teste. Passados 36 minutos de voo foi perdida a comunicação com o avião de alta-velocidade.

Sem tripulantes a bordo, o Voo "hipersónico" estaria preparado para atingir velocidades na ordem dos 21 mil quilómetros por hora (o que, por exemplo, permitiria fazer a viagem entre Londres e Sidney em menos de uma hora) e para resistir a temperaturas de 2000 graus, aproximadamente.

O avião possibilitaria, aos militares, poderem atacar alvos em qualquer parte do mundo, num intervalo de tempo sempre inferior a uma hora.

O primeiro vôo teste do Falcon, em Abril de 2010, também se complicou e, após nove minutos de voo, foi encaminhado para o mar, como precaução.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Mundo
28.05.15
A justiça alemã anunciou que desistiu das acusações contra um antigo oficial nazi de 93 anos, envolvido num massacre em Itália em 1944, alegando que...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 

Mais Lidas
21.05.15
O Governo aprovou esta quinta-feira a carta por pontos, regime que vai entrar em vigor a 1 de junho do próximo ano e sem efeitos retroativos e inexistência...


Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled