Provável presença de portugueses a bordo do avião moçambicano desaparecido

29/11/2013
O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, admitiu, este sábado, como provável a presença de passageiros portugueses a bordo do avião das Linhas Áreas Moçambicanas que está dado como desaparecido desde sexta-feira.
 
TAGS

"Tememos que haja portugueses a bordo. Não temos nenhuma informação segura, mas admitimos que possa haver portugueses", disse à agência Lusa o secretário de Estado.

Leia Também

Até ao momento, o Governo português, que está a acompanhar a situação, não tem qualquer confirmação de que o desaparecimento do avião da LAM tenha na origem um acidente e, mesmo não querendo "entrar em especulações", o secretário de Estado admitiu como "uma hipótese remota" a aeronave ter "aterrado algures".

As últimas informações recolhidas por José Cesário indicavam que as buscas na região de Rundo, no norte da Namíbia, onde se acredita que o avião terá desaparecido, foram interrompidas com a chegada da noite, uma vez que se tornou impossível para as autoridades locais prosseguirem as buscas naquela que é uma zona de selva e devido ao mau tempo que se faz sentir, com chuvas fortes e trovoadas.

As buscas devem ser retomadas ao início do dia, adiantou o governante português.

O avião, com 34 pessoas a bordo, fazia a ligação Maputo-Luanda, "está desaparecido" e que estão a ser feitas buscas no norte da Namíbia.

Em declarações aos jornalistas, no aeroporto de Maputo, Marlene Manave, da LAM, explicou que o "avião está desaparecido" desde o início da tarde, quando sobrevoava o norte da Namíbia, numa zona perto do Botsuana e de Angola, onde se verificaram chuvas muito fortes.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Mundo
04.08.15
Mais de 13 mil pessoas foram retiradas no estado da Califórnia, no sudoeste dos Estados Unidos, nos últimos dias, devido a devastadores incêndios...
04.08.15
As autoridades aduaneiras suíças apreenderam, na segunda-feira, 262 quilos de marfim de contrabando no aeroporto de Zurique.
04.08.15
As principais companhias aéreas dos Estados Unidos da América decidiram proibir o transporte de grandes troféus de caça, após a morte polémica do...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled