14 candidatos a presidente da Guiné-Bissau

15/02/2012
O Supremo Tribunal de Justiça da Guiné-Bissau recebeu 14 candidaturas às eleições presidenciais antecipadas de 18 de Março, cujo prazo de entrega terminou esta quarta-feira.
 
14 candidatos a presidente da Guiné-Bissau
Carlos Gomes Júnior é apoiado pelo maior partido

Dos 14, quatro apresentaram candidaturas como independentes e os restantes têm o apoio de partidos políticos.

Carlos Gomes Júnior, primeiro-ministro e presidente do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), é o candidato apoiado pelo maior partido político, e Kumba Ialá concorre com o apoio do Partido da Renovação Social (PRS), maior partido da oposição.

Henrique Rosa, empresário, Baciro Djá, ministro, Luís Nancassa, professor, e Manuel Serifo Nahmadjo, presidente interino da Assembleia Nacional, concorrem como independentes.

Depois surgem candidatos apoiados por partidos mais pequenos, como Aregado Mantenquete, do Partido dos Trabalhadores (PT), Serifo Baldé, do Partido Democrático Socialista de Salvação Guineense (PDSSG), e Iaia Djaló, do Partido da Nova Democracia (PND).

Ibraima Djaló tem o apoio do Congresso Nacional Africano (CNA), Cirilo Augusto de Oliveira do Partido Socialista da Guiné-Bissau (PS-GB), Empossa Ié do Centro Democrático (CD) e Vicente Fernandes da Aliança Democrática (AD).

Afonso Té aparece na lista do Tribunal com o apoio do Partido Republicano da Independência e Desenvolvimento (PRID), embora a direção do partido negue que o tenha apoiado.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Mais Mundo
04.03.15
Moradores dos bairros Mutauanha e Muatala, na cidade de Nampula, norte de Moçambique, lincharam com recursos a paus e pedras dois supostos assaltantes...
04.03.15
A União Europeia considerou, esta quarta-feira, o assassínio do constitucionalista moçambicano Gilles Cistac, um "ataque à liberdade de expressão".
03.03.15
O constitucionalista moçambicano Gilles Cistac morreu, esta terça-feira, no Hospital Central de Maputo, vítima de vários tiros disparados por desconhecidos...
03.03.15
Seis pessoas morreram na província de Benguela na sequência da queda de um raio, causado pelo mau tempo que se fez sentir no fim de semana naquela...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled