JN
FERRAMENTAS
ESTATÍSTICAS
Patrocínio
 

A história da "mulher mais feia do mundo"

Publicado

 

Considerada como a "mulher mais feia do mundo", depois como o "elo perdido" da evolução do homem, Julia Pastrana foi exposta em circos pelo marido e continuou a percorrer o mundo e os laboratórios científicos depois de morrer, em 1860.

 
foto DR
A história da "mulher mais feia do mundo"
Julia Pestrana foi exibida como uma aberração
 

Nascida em 1834 no México, a "mulher mais feia do mundo", cresceu como criada em casa de uma abastada família mexicana. O aspecto símio fazia crer aos cientistas que Julia era o resultado de uma relação pecaminosa entre o Homem e o macaco.

Julia media 1,37 metros, tinha barba e um queixo muito saliente, o que a assemelhava a um macaco. Tinha pelos por todo o corpo, em especial nas costas, tinha gengivas salientes e uma dupla fila de dentes.

Chegada a Londres em 1857, depois de uma volta pelos EUA e pelo Canadá, acabou por percorrer a Europa com circos e teatros, a única hipótese de ter sobrevivido na época. No século XIX, nascer com deformações significava, quase sempre, ser assassinado ou condenado a morrer em asilos.

O único estudo que se conhece feito com o corpo de Julia Pastrana veio mostrar que a mulher sofria de hipertricose congénita generalizada em fase terminal, vulgarmente conhecida como Sídrome do Lobisomem, com hiperplasia gengival.

Quando desembarcou na Inglaterra, Julia Pastrana não chegou sozinha. Acompanhava-a o seu intérprete e futuro marido, Theodore Lent, do qual nunca se separou. Para o conquistar, Pastrana minimizava o aspecto "monstruoso" cantando com voz de meio-soprano e tocando guitarra. As investigações publicadas falam de uma mulher doce, educada e extremamente inteligente, que amava ler e falava três idiomas.

Ler Artigo Completo (Pág.1/3) Página seguinte
 
 

Comentários
Reacções no Twitter
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados Pessoais

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado




 
Multimédia
Blogues
Inquérito



Continente Uva d'Ouro - JN 300x100

Cofidis 300x100 27-31 julho
Últimas
+Lidas
+Comentadas
+Pesquisadas
 

Serviços


TEMPO Dados fornecidos por Wunderground
  • 26ºC
  • 17ºC
  • HOJE
  • 28ºC
  • 21ºC
  • AMANHÃ

 

destaque conselhoeditorial
banner Barómetro Tomar o pulso ao país
Economia Social


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled