A história da "mulher mais feia do mundo"

03/11/2011
Considerada como a "mulher mais feia do mundo", depois como o "elo perdido" da evolução do homem, Julia Pastrana foi exposta em circos pelo marido e continuou a percorrer o mundo e os laboratórios científicos depois de morrer, em 1860.
 
A história da "mulher mais feia do mundo"
foto DR
Julia Pestrana foi exibida como uma aberração

Nascida em 1834 no México, a "mulher mais feia do mundo", cresceu como criada em casa de uma abastada família mexicana. O aspecto símio fazia crer aos cientistas que Julia era o resultado de uma relação pecaminosa entre o Homem e o macaco.

Julia media 1,37 metros, tinha barba e um queixo muito saliente, o que a assemelhava a um macaco. Tinha pelos por todo o corpo, em especial nas costas, tinha gengivas salientes e uma dupla fila de dentes.

Chegada a Londres em 1857, depois de uma volta pelos EUA e pelo Canadá, acabou por percorrer a Europa com circos e teatros, a única hipótese de ter sobrevivido na época. No século XIX, nascer com deformações significava, quase sempre, ser assassinado ou condenado a morrer em asilos.

O único estudo que se conhece feito com o corpo de Julia Pastrana veio mostrar que a mulher sofria de hipertricose congénita generalizada em fase terminal, vulgarmente conhecida como Sídrome do Lobisomem, com hiperplasia gengival.

Quando desembarcou na Inglaterra, Julia Pastrana não chegou sozinha. Acompanhava-a o seu intérprete e futuro marido, Theodore Lent, do qual nunca se separou. Para o conquistar, Pastrana minimizava o aspecto "monstruoso" cantando com voz de meio-soprano e tocando guitarra. As investigações publicadas falam de uma mulher doce, educada e extremamente inteligente, que amava ler e falava três idiomas.

Theodore Lent, com quem casou em 1854, começou a exibir massivamente a esposa. Para além de vender bilhetes para assistir aos espectáculos da mulher, fez passes privados para mostrá-la na sala da própria casa.

Ler Artigo Completo
 
 
Mais Locais
12.12.14
O Bela Vista Hotel & SPA - Relais & Châteaux, em Portimão, foi considerado o Melhor Boutique Hotel de Luxo de Portugal.
20.11.14
Chefes de cozinha de restaurantes portugueses distinguidos com estrelas do Guia Michelin afirmam que, após a distinção, a clientela dispara, tal como...
20.11.14
O chefe de cozinha José Avillez, que se tornou o primeiro português a conquistar duas estrelas do Guia Michelin, considerou que a "qualidade e ...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 
Conferência 3º Aniv DV - JN Destaque Évora (Mar2015)
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - JN Destaque
Continente Uva d'Ouro 2015 - JN 300x100
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
 
1ª Liga
1|Benfica65
2|FC Porto62
3|Sporting56
4|Sp. Braga47
5|V. Guimarães40
6|P. Ferreira37
7|Rio Ave36
8|Belenenses36
9|Nacional33
10|Moreirense32
11|Marítimo31
12|Estoril28
13|Boavista28
14|Académica26
15|V. Setúbal24
16|Arouca23
17|Gil Vicente19
18|Penafiel17

Serviços


13º 11º
HOJE, 26 de Março

Amanhã16º |
Sábado16º |
Domingo17º |11º
Segunda18º |10º

 




Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled