Liga dos Campeões

Vitória do Benfica em Kiev

Vitória do Benfica em Kiev

Salvio, de grande penalidade, e Cervi marcaram os golos das águias frente ao Dínamo de Kiev. Apesar da vitória, o Benfica mantém-se no terceiro lugar do Grupo B da Liga dos Campeões.

Ao terceiro jogo na fase de grupos da Liga dos Campeões, a primeira vitória do Benfica. Depois do empate caseiro (1-1) frente ao Besiktas e da derrota pesada (4-2) em Nápoles, as águias bateram, nesta quarta-feira, o Dínamo de Kiev, na Ucrânia, por 2-0.

O segredo do triunfo esteve, em parte, num arranque forte e decidido do conjunto de Rui Vitória, materializado num golo logo aos nove minutos de jogo: Salvio concretizou uma grande penalidade, castigando uma falta de português Antunes sobre o compatriota Gonçalo Guedes.

Em vantagem no marcador, as águias souberam manter a coesão durante toda a primeira parte, de tal forma que, na primeira metade, o melhor que os ucranianos conseguiram foi um cabeceamento sobre a barra.

E se o clube da Luz começou o jogo praticamente com um golo, o cenário foi semelhante na segunda parte. Depois de uma combinação entre Pizzi e Salvio na direita, Mitroglou ainda "evitou" o golo de Cervi à primeira, mas, à segunda, o argentino assinou mesmo o 2-0.

Depois, e muito face ao desgaste acumulado, as águias até perderam alguma solidez defensiva, com o Dínamo a dispor de várias ocasiões, mas as boas intervenções de Ederson (e um corte milagroso de Grimaldo) trataram de impedir que o resultado sofresse alterações.

O Benfica soma agora quatro pontos no Grupo B da Champions, mas continua na terceira posição, atrás de Nápoles (seis pontos) e Besiktas (cinco), dado que os turcos foram, nesta quarta-feira, a Itália bater os napolitanos por 3-2.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado