Espanha

Segundo chileno que fugiu de Caxias apanhado em Barcelona

Segundo chileno que fugiu de Caxias apanhado em Barcelona

Roberto Ulloa, um dos dois chilenos que, no último fim de semana, se evadiu da prisão de Caxias foi capturado esta quarta-feira, em Espanha.

O recluso, que tinha sido entretanto capturado em Madrid e posteriormente libertado por falta de espaço no centro de detenção, foi detido durante um assalto em Barcelona, revela o jornal "Expresso".

A detenção já foi confirmada à agência Lusa por fonte do Ministério da Justiça.

No domingo, os dois chilenos que se evadiram de Caxias foram detidos, com passaportes falsos, no aeroporto de Barajas, em Madrid, mas apenas um ficou preso.

Um dos fugitivos foi libertado pelos serviços aeroportuários, apurou o JN, cerca das 19 horas locais (18 horas de domingo em Portugal continental), por lhe ter sido negado lugar no Centro de Internamento de Estrangeiros, em Madrid.

Uma outra fonte ligada ao processo explicou à Lusa que um atraso no envio e receção em Espanha do mandado de detenção europeu (MDE) permitiu que um dos chilenos evadidos fosse libertado, facto para o qual também contribui não existir vaga no centro de detenção espanhol. Acabou detido, esta quarta-feira em Barcelona.

Os dois chilenos fugiram de Caxias juntamente com um outro homem de nacionalidade portuguesa e que ainda se encontra a monte.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado