Expulsão

Costa diz que Manuel dos Santos se tornou uma vergonha para o PS

Costa diz que Manuel dos Santos se tornou uma vergonha para o PS

O secretário-geral do PS, António Costa, criticou, esta sexta-feira, o eurodeputado socialista Manuel dos Santos, afirmando que se tornou "uma vergonha para o PS", e defendeu a sua expulsão do partido por "preconceitos racistas".

"Há muito que Manuel dos Santos desonra o seu passado. Hoje tornou-se uma vergonha para o PS. Espero que a Comissão Nacional de Jurisdição rapidamente nos liberte da companhia de quem partilha preconceitos racistas", afirmou, numa declaração à agência Lusa.

Na rede social Twitter, o eurodeputado socialista Manuel dos Santos chamou hoje "cigana" à deputada do PS Luísa Salgueiro, "não só pelo aspeto", mas porque "paga os favores que recebe com votos alinhados com os centralistas".

"Luísa Salgueiro, dita a cigana e não é só pelo aspeto, paga os favores que recebe com votos alinhados com os centralistas", escreveu Manuel dos Santos num dos 'tweets'.

Estes 'tweets' começaram com críticas aos deputados socialistas do Porto que votaram na Assembleia da República uma saudação à candidatura de Lisboa para acolher a Agência Europeia do Medicamento (EMA).

Na rede social Facebook, o eurodeputado Carlos Zorrinho, líder da delegação do PS no Parlamento Europeu, escreveu hoje a meio da tarde que "o teor das acusações pessoais será analisado internamente".

No seu comentário, Zorrinho refere que "o assunto das autárquicas em Portugal não está na agenda do Parlamento Europeu" e diz-se chocado, "como cidadão e socialista", com as referências étnicas feitas.

"Como me chocariam se fossem feitas por qualquer outro socialista. São lamentáveis", afirmou.

Outros deputados socialistas, como João Galamba, porta-voz do PS, ou Porfírio Silva, membro do secretariado do PS, condenaram igualmente as afirmações de Manuel dos Santos.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM