Calçado: Kyaia investe 1,2 ME em novas instalações para expansão das marcas Foreva/Sapatália

 | 09/11/2007
 

Porto, 09 Nov (Lusa) - A empresa portuguesa de calçado Kyaia investiu 1,2 milhões de euros em novas instalações em Guimarães onde centralizará a logística das mais de 75 lojas do grupo Foreva/Sapatália, que adquiriu em 2005. 

A inaugurar na sexta-feira, numa cerimónia em que participará o secretário de Estado do Comércio, Fernando Serrasqueiro, as novas instalações pretendem ser "mais um passo" na afirmação das duas marcas de calçado. 

Depois da aquisição da Foreva/Sapatália, por 7,5 milhões de euros, a Kyaia começou por reestruturar as diversas lojas do grupo, numa operação que incluiu a renovação da respectiva imagem e a consolidação económico-financeira. 

Segundo adianta a Kyaia em comunicado, o investimento nas novas instalações ultrapassa os 1,2 milhões de euros, incluindo a reconstrução de um pavilhão na zona industrial de Guimarães, duas lojas piloto para cada uma das marcas, um showroom permanente, uma loja 'outlet' e uma área de serviços administrativos. 

"Com este investimento a Foreva/Sapatália procurará aproximar-se ainda mais dos seus fornecedores, que estão maioritariamente (cerca de 70 por cento) concentrados na região Norte", refere a empresa de calçado. 

Segundo salienta, para o Grupo Foreva/Sapatália "é e continuará a ser uma prioridade o abastecimento no mercado doméstico", junto das empresas portuguesas de calçado. 

Depois de em 2006 ter facturado cerca de 22,5 milhões de euros, e apesar da "complexa conjuntura económica nacional", a Foreva/Sapatália tem como meta atingir um volume de negócios consolidado de 30 milhões de euros em 2010. 

Neste sentido, iniciou já a sua internacionalização, através da distribuição das suas marcas no norte da Europa. 

Criada em 1984, a Foreva privilegia uma gama alargada de calçado e acessórios de moda que apostam no binómio qualidade/preço. 

Já a Sapatália nasceu em 1998 e aposta em artigos de qualidade para toda a família, a preços mais reduzidos. 

Na área de produção, o volume de negócios da Kyaia ascendeu, no ano de 2006, a 27 milhões de euros, o que representa um crescimento superior a 40 por cento num espaço de dois anos.

No que respeita à área de distribuição, o conjunto de parcerias estratégicas da Kyaia em Portugal, Espanha, França, Luxemburgo e Dinamarca atingiu em 2006 um volume total de negócios superior a 15 milhões de euros.

O grupo Kyaia foi fundado em 1984 com cerca de 50 trabalhadores e é actualmente constituído por várias empresas nas áreas industrial, comercial, imobiliária e turismo de habitação, empregando mais de 600 trabalhadores directos e 150 indirectos e facturando mais de 64 milhões de euros.

PD.

Lusa/Fim

 
 
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.











NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - JN Destaque
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
BT Edições Multimédia
 
1ª Liga
1|Benfica46
2|FC Porto40
3|Sporting39
4|V. Guimarães35
5|Sp. Braga34
6|Belenenses27
7|P. Ferreira26
8|Estoril25
9|Rio Ave24
10|Moreirense24
11|Marítimo23
12|Nacional21
13|Boavista19
14|V. Setúbal17
15|Arouca15
16|Académica12
17|Penafiel12
18|Gil Vicente10

Serviços


10º
HOJE, 31 de Janeiro

Amanhã11º |
Segunda12º |
Terça11º |
Quarta11º |

 

banner Barómetro Tomar o pulso ao país



Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled