nacional

Morte de Júlio Sebastião

Morte de Júlio Sebastião

Tinha 54 anos, era presidente da Associação de Agricultores do Oeste e um dos rostos da luta contra as portagens na auto-estrada do Oeste. Júlio Sebastião morreu a 19 de Outubro de 1997 quando trabalhava na sua vacaria, em Delgada, concelho do Bombarral. O casaco de cabedal, que vestia na ocasião, terá sido puxado para o interior de uma "Unifin", uma máquina que esmaga e corta feno para fazer a forragem para o gado.

A descoberta do trágico acidente foi feita por um trabalhador que viu parte do corpo de Júlio Sebastião dentro da máquina. Uma morte sem testemunhas e que motivou alguma especulação, levando mesmo a Polícia Judiciária a investigar o caso, concluindo não se ter tratado de um crime.

O acidente ocorreu quando um dos empregados do agricultor tinha colocado a máquina em funcionamento para dar início à preparação da forragem. Dirigiu a máquina agrícola para junto do curral, mas não se apercebeu que, na traseira do veículo, Júlio Sebastião tinha sido puxado para o seu interior. Apenas minutos mais tarde deu conta do sucedido, quando viu sangue e um botim do agricultor. AS

ver mais vídeos