Projeto "Inspira"

40 artistas e 70 espetáculos para promover o Douro

40 artistas e 70 espetáculos para promover o Douro

A apresentação do projeto "Inspira" contou com uma performance ao vivo com o músico Tiago Saga, no miradouro de São Salvador do Mundo, em São João da Pesqueira.

Os museus do Côa, Douro e Vinho avançam com o projeto "Inspira - Douro, Cultura e Património" para promover o território duriense com um conjunto alargado de ações de animação cultural.

As ações começam em julho e prolongam-se até dezembro, num total de 70 espetáculos, por 10 municípios da região e distribuídos por 16 locais distintos. Vão ser produzidos videoclips em sete miradouros para servirem de cartão de visita.

"O Inspira é um projeto do Douro para quem nos visita e para quem cá vive. É um projeto de cariz português e que vem afirmar o Douro e a parceria entre três instituições que são fundamentais para o desenvolvimento da região" disse aos jornalistas o diretor do museu do Douro, Fernando Seara, na apresentação do projeto, sexta-feira, no miradouro de São Salvador do Mundo, em São João da Pesqueira.

O projeto pretende "criar um motivo para as pessoas se aproximarem do território e ficarem com vontade de voltar, porque o Douro tem muito para explorar e muito para ver", afirmou o diretor da unidade museológica sediada em Peso da Régua.

Para o presidente da Câmara Municipal de São João da Pesqueira, Manuel Cordeiro, a iniciativa "vem acrescentar valor ao património". "É oferecida à comunidade uma programação cultural eclética e a quem visita é oferecer mais do que paisagem", defende.

Rosa Jardim, em representação da Fundação Côa Parque, diz que a ideia é "disseminar a cultura pelo território e fazer sobressair pontos de interesse que às vezes passam despercebidos aos visitantes".

PUB

O palco dos espetáculos serão as ruas, praças históricas e miradouros. "Os miradouros são um dos locais mais emblemáticos da região e a intenção é mostrarmos o que temos de melhor", explica Fernando Seara.

Nos miradouros não haverá permanência de público. Nestes locais o que se pretende é a gravação de vide clips em que se cruza a paisagem e a música para servirem de cartão de visita e promoção da região.

O primeiro videoclip foi produzido nos miradouros de São Gabriel, Foz Côa e miradouro de São Lourenço, Torre de Moncorvo, e será o primeiro divulgado online. Fazem ainda parte desta lista o miradouro do Ujo, em Alijó, São Leonardo de Galafura, Peso da Régua, Torguiano, Sabrosa, São Salvador do Mundo, São João da Pesqueira, e miradouro Penedo Durão, em Freixo de Espada à Cinta.

Estão envolvidos cerca de 40 artistas, num programa variado que terá desde fado ao cante alentejano, tango, música tradicional e contemporânea e as artes de rua. Entre os nomes que fazem parte da iniciativa estão também Bié, Ana Laíns, Ceifeiros de Cuba e The Dixie Boys.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG