Festival

Coimbra debate o futuro das cidades

Coimbra debate o futuro das cidades

O Festival Cidades Resilientes vai acontecer no Convento São Francisco, em Coimbra, nos dias 16 e 17 de julho, e pretende debater o futuro das cidades. Miguel Poiares Maduro, Aldara Bizarro, Tiago Marques e Rita Lopes vão ajudar à discussão.

O município de Coimbra e a plataforma independente de jornalismo, cultura e educação, O Gerador, juntam-se este mês para apresentar o Festival Cidades Resilientes, que tem como objetivo debater o futuro das cidades portuguesas. O festival decorre nos dias 16 e 17 de julho, no Convento São Francisco, em Coimbra, mas também terá emissão online no site cidadesresilientes.pt.

O projeto tem como missão discutir o significado das cidades, a sua sustentabilidade, regeneração e a forma como podem ser construídas para as gerações seguintes, tendo a cidade de Coimbra como ponto de partida.

No dia 16 de julho, o professor universitário Miguel Poiares Maduro, ex ministro-adjunto do Desenvolvimento Regional, vai participar num debate dedicado aos desafios das cidades do século XXI. Carlos Fortuna, sociólogo e professor catedrático, vai juntae-se ao vice Reitor da Universidade do Algarve, Saúl Neves de Jesus, para uma reflexão sobre "As consequências da pandemia para a cidade".

Ainda no primeiro dia, o professor Miguel de Castro Neto e a investigadora do Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade da FCT NOVA, Rita Lopes, debatem "A economia das cidades do futuro".

Tiago Marques, docente do Instituto de Psiquiatria do King"s College de Londres e médico psiquiatra, Francisca Aires Mateus, finalista do Prémio Sonae Media Art em 2019 e Clara Almeida Santos, professora de Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, juntam-se numa conversa dedicada às cidades das novas gerações.

Já no dia 17, o festival recebe Paulo Peixoto, professor da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC), Alda Botelho Azevedo, doutorada em Demografia pela Universitat Autònoma de Barcelona e Luís Baptista, sociólogo e diretor do CIS.NOVA, para pensar sobre o "Planeamento e Sociologia Urbana".

PUB

O tema da "Regeneração e Sustentabilidade" das cidades fica a cargo de Filipe Duarte Santos, professor de Física na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Helena Freitas, professora no Departamento de Botânica da Universidade de Coimbra e Maria de Lurdes Cravo, da Associação ZERO.

O debate dedicado à "Cultura e Educação" conta com David Santos, historiador de arte e curador, Carlos Moura Carvalho, consultor jurídico e gestor cultural e a coreógrafa Aldara Bizarro. "A nova antropologia" também estará em debate com a presença de Catarina Marcelino, vice-presidente do Instituto de Segurança Social.

Susana Albuquerque, Presidente do Clube Criativos de Portugal e o engenheiro de software, Ricardo Vitorino vão pensar a importância do digital para as cidades.

Além dos debates, serão realizados workshops de personalização de tote bags com a artista visual Pitanga, no "Masterclass de Design Thinking" com a especialista Luana Bistane ou no "Masterclass de Aproveitamento Energético" com um especialista da Lisboa E-Nova.

O Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, confirmou também a sua presença numa entrevista ao vivo pelas ruas da cidade com a atriz Mia Tomé e o poeta José Anjos. Os instagrammers @zevitro, @maggie.pi, @alexcoelholima, @_jessica_reis_, @goncalo_saraiva27 vão percorrer a cidade ao longo dos dois dias de festival e promover a cidade de Coimbra nas suas redes sociais.

O festival é de acesso gratuito, mas os lugares paa aceder ao Convento São Francisco e às atividades no comércio local e nas ruas da cidade serão limitados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG