Português atual

O drama do verbo "haver"

O verbo "haver" é impessoal e só se conjuga na terceira pessoa do singular, nas frases em que o seu significado equivale a existir.

"Havia (existiam) muitos alunos na sala". Se o verbo "haver" deixa de ser impessoal, conjuga-se também no plural. Nestes casos, vem associado a outro verbo, sendo seu auxiliar. Vamos ver alguns exemplos: "Ele havia sido eleito" e "eles haviam sido eleitos". Nestes casos, o verbo "haver" pode ser substituído pelo verbo "ter" - tinha sido, tinham sido.

Em síntese: o verbo "haver" é sempre impessoal e só se conjuga no singular quando se usa isolado e significa o mesmo que existir, independentemente de o relacionarmos com uma pessoa/coisa ou com várias. Passamos a usar o verbo "haver" conjugado noutras formas, quando ele pode ser substituído por ter, como verbo auxiliar de outros verbos.

* Professora de Português e formadora para a área da língua portuguesa

jn.acordoortografico@gmail.com

Português atual

Outros Conteúdos GMG