Música

Linda de Suza internada em França em estado "muito grave"

Linda de Suza internada em França em estado "muito grave"

Cantora portuguesa há muito emigrada em França está a sofrer complicações provocadas pelo covid-19 e estará a manifestar "distúrbios psicológicos". Médicos estão pessimistas.

A cantora portuguesa Linda de Suza, de 74 anos, que reside em França, está hospitalizada há várias semanas e o seu estado de saúde agravou-se nos últimos dias, sendo considerado "muito grave".

A informação foi avançada pelo jornal francês "France Dimanche".

PUB

A cantora de "Mala de cartão" está sob cuidados hospitalares, mas não foi revelado o nome da instituição de saúde onde está internada.

Entre as razões clínicas, são referidos distúrbios psicológicos. A cantora terá mesmo deixado de comer. As equipas médicas que a acompanham, citadas pelo "France Dimanche", falam mesmo em "escassas hipóteses de recuperação".

Recorde-se que Linda de Suza já tinha sido internada de urgência em 2020, por alturas dos primeiros confinamentos decretados em França devido à pandemia da doença respiratória da covid-19, que é provocada pelo coronavírus. A artista foi contaminada mas conseguiu vencer a doença - que terá, no entanto, deixado sequelas.

Nascida em Beringel, no concelho alentejano de Beja, Linda de Suza, cujo nome civil é Teolinda Joaquina de Sousa Lança, viveu num orfanato dos 5 aos 11 anos de idade.

Emigrou para Franca em 1970, trabalhou como empregada de limpezas, sendo "descoberta", durante os anos de 1970 a cantar num café, o "Chez Loisette", em Saint-Ouen. Em 1978 lança o seu primeiro single "Um português".

É essa, ainda hoje, uma das suas cantigas mais famosas, cujos versos contêm a seguinte frase: "Duas malas de cartão numa terra de França, Um português deixou assim o seu Portugal".

Em 1979 edita o single "Uma moça chorava" e o álbum "Amália/Lisboa". Seguem-se vários discos, nos anos de 1980, como "Canta Português", "L'Etrangère" ou "Comme Vous".

Continuou a editar e a dar espetáculos durante os anos 1990, destacando-se "Simplement vivre" e o derradeiro "Tiroli Tirola". A partir dos anos 2000 tem lançado compilações de êxitos e registos ao vivo.

A sua vida pessoal foi sempre muito conturbada. Em 2010, a cantora apresentou queixa por roubo de identidade contra o homem com quem tinha vivido. E vivia mal: terá dito que só dispunha de 400 euros por mês.

Mas soube superar as adversidades, e recuperou a carreira., fazendo digressões em 2014, 2016 e 2017.

Em 2020, Linda de Suza conseguiu montar um novo projeto, "Postais de Portugal", e preparava-se para entrar em tournée. Mas a vida trocou-lhe de novo as voltas e os espetáculos acabaram por ser cancelados devido à pandemia do coronavírus e à degradação do seu próprio estado de saúde quando contraiu covid-19.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG