Exclusivo

O outro lado da vida ideal ou a tristeza inspiradora de Mariana, a Miserável

O outro lado da vida ideal ou a tristeza inspiradora de Mariana, a Miserável

Ilustradora assinala dez anos de carreira com o novo livro "Meninos das Lágrimas" e uma exposição no Porto.

Gosta de captar aquilo que não aparece com frequência nos perfis das redes sociais: "A tristeza, o erro, o azar, o feio, o malfeito." O outro lado da "vida ideal que se projeta." Mariana, a Miserável, ilustradora de 34 anos nascida em Leiria, assinalou dez anos de carreira com o lançamento de "Meninos das lágrimas", livro que tematiza o choro a partir dos célebres quadros de Giovanni Bragolin que se espalharam pelas casas portuguesas e europeias nos anos 1970 e 1980 .

Se a tristeza sempre fez parte do seu trabalho, povoado por figuras de traço inconfundível, com rostos largos e proeminentes, deliberadamente imperfeitos, neste projeto, iniciado há três anos, quis explorar o tema com "mais afinco." "Interessou-me lidar com essa naturalidade com que os "meninos das lágrimas" se expunham nas casas das nossas tias e avós. Porque a tristeza é habitualmente algo que se esconde, que denuncia uma fraqueza. Mas, para mim, é o que nos torna vivos, humanos", disse a ilustradora ao JN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG