Literatura

Yara Monteiro é a vencedora do Prémio Glória de Sant'Anna

Yara Monteiro é a vencedora do Prémio Glória de Sant'Anna

Com a obra "Memórias, aparições e arritmias", Yara Nakahanda Monteiro foi a vencedora da edição deste ano do Prémio Literário Glória de Sant'Anna. O júri sublinhou a "linguagem simples e objetiva" da autora.

A primeira incursão poética de Yara Nakahanda Monteiro valeu-lhe o Prémio Literário Glória de Sant'Anna, anunciou esta quinta-feira a organização.

Nascida em Angola, em 1979, Yara Monteiro vive em Portugal desde o início da década de 1980. Apesar de ter trabalhado na área dos Recursos Humanos durante década e meia, começou a dedicar-se recentemente à escrita e às artes após uma viagem ao Brasil que se revelou transformadora.

PUB

Em 2018, escreveu "Essa dama bate bué", livro publicado pela Guerra e Paz que somou vários elogios.

Na ata da fundamentação do prémio, o júri elogiou "a linguagem simples e objetiva, libertando, assim, a subjetividade e co-criação imagética do autor", nas palavras de Jane Tutikian.

Já o jurado Xosé Manuel Eyré Val, destaca "a futilidade, a fragilidade e a evanescência da perceção da vida" como eixos fundamentais do livro.

O Prémio Literário Glória de Sant'Anna tem um valor pecuniário de três mil euros e inclui ainda uma gravura original da patrona do galardão, da autoria de Rui Paes.

Devido à pandemia, a tradicional cerimónia de entrega do prémio não irá realizar-se este ano, sendo substituída por uma gravação em vídeo de divulgação das obras.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG