Dakar

André Villas-Boas lembra o "gentleman" Paulo Gonçalves

André Villas-Boas lembra o "gentleman" Paulo Gonçalves

André Villas-Boas decidiu em 2018 experimentar a mais mítica prova do mundo de todo-o-terreno, o Dakar, ao volante de um Toyota, e dar azo à paixão que tem pelo desporto motorizado (automóveis e motos). Foi aí que conheceu Paulo Gonçalves, "um gentleman de punho cerrado para a pista e sorriso aberto para a vida", como faz questão de o recordar, para sempre, num emotivo post colocado esta segunda-feira na rede social Instagram.

"Então sr. treinador, o que é que estás aqui a fazer? Olha que isto não é futebol pá! Boa sorte!". Assim descreve o atual treinador de futebol do Marselha o primeiro encontro com Paulo Gonçalves no Dakar de 2018, ainda durante as verificações administrativas, em Lima (Peru), lembrando "o tom firme, gozão, mas sempre simpático" do malogrado piloto de Esposende.

"Não era futebol, não. Era a tua prova, a tua aventura, o território que sempre dominaste com afinco, sabedoria e valentia. Onde venceste etapas, onde caíste, onde te levantaste, onde suaste, choraste e sofreste. Na mesma prova demonstraste ao mundo o que é ser solidário, perseverante, amigo, companheiro, determinado e veloz. Todos reconhecem em ti a tua nobreza de espírito. Todos vão sentir a tua falta", salientou André Villas-Boas, vincando que recordará para sempre Paulo Gonçalves como "um gentleman de punho cerrado para a pista e sorriso aberto para a vida".

PUB

"Aos amigos, familiares, à esposa e aos filhos do Paulo os meus sinceros pêsames. Rest in peace", conclui a nota publicada por André Villas-Boas, ele que no Dakar 2018 sofreu um violento acidente logo na quarta etapa, que lhe causou uma lesão nas costas, sendo forçado a abandonar a corrida e a receber assistência hospitalar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG