Futebol

Autogolo de Maximiano tira vitória ao Granada

Autogolo de Maximiano tira vitória ao Granada

O guarda-redes português Luís Maximiano assinou esta sexta-feira um autogolo, num lance algo caricato, que permitiu ao Athletic Bilbau empatar com a Granada 2-2, no arranque da 15.ª jornada da Liga espanhola.

O conjunto basco colocou-se na frente logo aos 10 minutos, através de Raul Garcia, só que os andaluzes conseguiram operar a reviravolta ainda no primeiro tempo, com golos do venezuelano Darwin Machis, aos 25, e de Jorge Molina, aos 34.

Ainda sem o central internacional luso Domingos Duarte, a recuperar de lesão, o Granada acabou por conceder a igualdade aos 76 minutos, num lance repleto de peripécias, com jogadores andaluzes a escorregarem, a bola a embater no poste e ainda a ressaltar num defesa visitante, antes de Maximiano lhe tocar inadvertidamente.

O Athletic, que viu um jogador ser expulso na compensação, averbou o quinto encontro seguido sem vencer em LaLiga, na qual ocupa o oitavo lugar, com 20 pontos, enquanto o Granada é 16.º, apenas um ponto acima da zona de despromoção.

Lens falha ataque ao segundo lugar

Em França, o Lens empatou, em casa, com o Angers (2-2), no encontro inaugural da 15.ª jornada da Ligue 1. Os visitantes chegaram ao intervalo em vantagem, graças ao golo do médio marroquino Sofiane Boufal, aos 40 minutos, mas o Lens deu a volta na segunda metade do desafio, primeiro pelo centrocampista congolês Gael Kakuta (48), e depois pelo experiente avançado Florian Sotoca (55).

O defesa Romain Thomas estabeleceu a igualdade a duas bolas aos 70, com o Lens a seguir em quarto com 25 pontos, e o Angers em sexto com 22.

PUB

Do lado do Lens, o português David Costa foi lançado aos 68 minutos, enquanto, nos forasteiros, o médio Mathias Pereira Lage não saiu do banco de suplentes.

Estugarda regressa às vitórias

Na Alemanha, o Estugarda quebrou uma série de cinco jogos consecutivos sem vencer, ao bater o Mainz, por 2-1, em casa, a abrir a 13.ª jornada.

A equipa de Estugarda adiantou-se no marcador aos 21 minutos, pelo japonês Hiroki Hito, com um remate de primeira que ainda bateu no poste antes de entrar na baliza do Mainz, mas, aos 39, o central Alexander Hack saltou mais alto do que todos na área, na sequência de um pontapé de canto, e restabeleceu o empate.

O golo decisivo surgiu já na segunda parte, aos 51 minutos, pelo médio croata Borna Sosa, com um remate que levou a bola a entrar no canto superior esquerdo da baliza do Mainz, batendo ainda na barra antes de atravessar o risco de golo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG