Portugal - França

Alma grande encolhe o campeão do mundo

Alma grande encolhe o campeão do mundo

Seleção corrige a má imagem deixada com a Alemanha e faz um belo jogo frente à França. Ronaldo marca dois golos e Renato Sanches enche o campo.

Jogo louco em Budapeste. Portugal apurou-se para os oitavos de final do Europeu ao empatar (2-2) com a França, numa partida em que jogou quase sempre de igual para igual, apagando a má imagem deixada frente à Alemanha. Ainda assim, a equipa das quinas teve de sofrer muito e chegou a estar fora da prova, mercê o resultado que se verificava em Munique. Ronaldo abriu o marcador, um bis de Benzema fez a reviravolta e o capitão voltou a marcar, garantindo um ponto. Três golos foram de penálti, só o segundo do avançado francês ocorreu de bola corrida.

Fernando Santos mexeu na equipa e decidiu bem. A tática foi alterada para 4x1x4x1 e as entradas de Renato Sanches e de João Moutinho tornaram a equipa sólida a defender e com posse de bola. A primeira parte foi de excelente nível, Portugal chegou a vulgarizar o campeão do Mundo, apesar de algumas boas iniciativas de Mbappé e a boa exibição foi premiada com o primeiro golo, por Ronaldo, de penálti, depois de Lloris ter atingido Danilo.

Em vantagem, a seleção sentiu-se ainda melhor em campo, mas não aguentou o resultado até ao intervalo. Num lance fortuito, Mbappé cavou um penálti e Benzema protagonizou o 1-1. Portugal decaiu na segunda parte e entrou muito mal. Desconcentrados, a defesa e o meio campo não evitaram uma desmarcação fulgurante de Benzema, no limite do fora de jogo, que assinou a reviravolta. O conjunto de Fernando Santos acusou o golo, os fantasmas ressurgiram mas um novo penálti acordou Portugal. Outra vez confiante, geriu bem o resultado, as substituições também ajudaram, mas a seleção passou por um enorme susto num duplo remate gaulês que Rui Patrício segurou com duas belas defesas. A aventura segue em Sevilha, frente à Bélgica.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG