O Jogo ao Vivo

Futebol

Carlos Carvalhal: "Comecei a palestra de manhã a dizer que estava todo 'borrado'"

Carlos Carvalhal: "Comecei a palestra de manhã a dizer que estava todo 'borrado'"

O treinador do Braga contou, este domingo, que "teve um dia difícil", deixou elogios ao plantel e pediu desculpa pela confusão que marcou o final do jogo.

"Tive um dia muito difícil. Comecei a palestra com os jogadores a dizer que estava tudo borrado. Foi mesmo esse o termo. O meu pai foi operado hoje no hospital, foi por isso. Correu tudo bem, graças a Deus, mas é sempre uma ansiedade muito grande. Isso serviu de mote para falar com os meus jogadores. É preciso relativizar tudo, isto era a situação que mais me estava a incomodar hoje. Quando soube que tinha corrido tudo bem, foi uma alegria tremenda e quando fui falar com os meus jogadores já era tudo muito relativo", começou por dizer Carlos Carvalhal, destacando a atitude dos jogadores.

"No fundo disse-lhes: 'Imaginem que é um pai vosso ou uma mãe, depois vocês sabem que têm uma boa notícia e agora vão ter um jogo de futebol. É só um jogo, são noventa minutos em que temos de jogar bem, com alegria, com disponibilidade e foco. Os jogadores foram extraordinários, com uma abnegação extraordinária, com um futebol de grande nível, uma atitude espetacular, acho que fomos uns justos vencedores desta Taça de Portugal. Estou orgulhoso e contente ao mesmo tempo porque sou de Braga. Cresci no Bairro da Misericórdia que fica mesmo pertinho do novo estádio. A minha família é toda bracarense, os meus amigos também. É aquele troféu que não tenho um sentimento que se vá comparar a isto", acrescentou.

O jogo ficou marcado por uma confusão perto do final, que levou à expulsão de Taarabt, Lucas Piazón e Eduardo, treinador de guarda-redes dos minhotos. Questionado sobre o episódio, Carlos Carvalhal, que recusou falar de arbitragens, deixou um pedido de desculpa.

"É algo que tenho trabalhado de forma preventiva, não gosto que o meu banco fale para o árbitro ou fale para o adversário. Houve ali um momento mais emocional do qual eu peço desculpa por aquilo que aconteceu, porque sou o responsável", concluiu.

O Braga venceu (2-0), este domingo, o Benfica em Coimbra e conquistou a Taça de Portugal pela terceira vez, com golos de Lucas Piazón e Ricardo Horta. Helton, Taarabt e Piazón foram expulsos, num jogo marcado por confusão perto do final.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG