Exclusivo

Desporto juvenil: evolução do Galitos faz-se na base de formação

Desporto juvenil: evolução do Galitos faz-se na base de formação

Centenário clube de Aveiro tem um projeto consolidado nas camadas jovens e deseja continuar a crescer de forma sustentada. Emblema coordena um universo de 250 atletas.

No pavilhão do Galitos, em Aveiro, há uma espécie de alvoroço coordenado, entre jovens que terminaram o seu treino e os colegas que os vão suceder. Esse convívio é feito "respeitando todas as regras" sanitárias que a pandemia obriga, o que ajuda a que "as pessoas confiem" no trabalho desenvolvido pelo clube, salienta o coordenador Luís Araújo. O projeto delineado é abrangente e multifacetado. Vai desde o "trabalho técnico individual", de potencialização de rendimento desportivo, à disponibilização de salas, no próprio pavilhão, para os jovens estudarem nas horas livres.

"Trabalhamos para formar pessoas e conseguir ter jogadores ao mais alto nível", sustenta Álvaro Pires, presidente da secção de basquetebol dos Galitos. Tendo como meta "aumentar a representatividade e o nível" na modalidade, o centenário emblema aveirense é "uma referência nacional na formação" e pretende "pôr as equipas seniores ao mesmo nível", assume o dirigente, tarefa para a qual a qualidade do trabalho desenvolvido com os mais novos é tida como preponderante.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG