Futebol

F. C. Porto alvo de processo por racismo sobre jogador do Moreirense

F. C. Porto alvo de processo por racismo sobre jogador do Moreirense

O Conselho de Disciplina instaurou em devido tempo um processo disciplinar ao F. C. Porto, aquando da visita ao Moreirense, realizada no passado dia 10 de janeiro, mas só agora se ficou a saber que em causa estarão insultos racistas de adeptos dos dragões ao jogador dos minhotos Abdu Conté, os quais constam do relatório elaborado pela equipa GNR destacada para velar pela segurança do encontro.

Segundo foi possível apurar, tudo terá acontecido na altura do penálti que Abdu Conté cometeu sobre Jesus Corona, que o juiz Artur Soares Dias assinalou depois de recorrer ao videoárbitro. Os alegados insultos não constam dos relatórios do árbitro e dos delegados da Liga, mas foram registados na participação elaborada pelo responsável pelo policiamento, a cargo da GNR.

Com a abertura do procedimento disciplinar, a instauração do inquérito passou para a Comissão de Instrutores da Liga, sendo que o caso só terá registado desenvolvimentos significativos depois do sucedido com Marega no Vitória-F. C. Porto.

Recorde-se que, caso venham a ser provados os insultos, os dragões arriscam uma pesada multa ou a realização de jogos à porta fechada, que podem ir de um a três, de acordo com o Regulamento Disciplinar em vigor.

Outras Notícias