Futebol

F. C. Porto e o Jamor: "Vai estar um brinquinho para receber o Benfica"

F. C. Porto e o Jamor: "Vai estar um brinquinho para receber o Benfica"

"Estamos perante um caso dos mais graves que vi acontecer no futebol português nos últimos tempos", considerou Francisco J. Marques na noite desta terça-feira, no Porto Canal, referindo-se à interdição do Estádio do Jamor, anunciada horas antes pela Liga Portugal.

"Isto não é um pormenor, é um 'pormaior'", prosseguiu o diretor de informação e comunicação do F. C. Porto, passando, depois, às explicações que, no fim, englobam a receção do Belenenses SAD ao Benfica, da 22.ª jornada da Liga.

"O Sporting defrontou o Sacavenenses para a Taça de Portugal no Jamor e o relvado foi poupado durante duas semanas para estar em condições de receber o jogo. Nas semanas que antecederam a ida do F. C. Porto ao Jamor, para defrontar o Belenenses SAD, houve vários jogos de râguebi, uma modalidade que degrada bastante o relvado, pela forma de jogar, pela contração das chuteiras no terreno que arranca a relva. E também houve jogos dos sub-23 do Estoril, causando a degradação que se viu no relvado, que estava em muito, muito mau estado. Mas apesar desse estado miserável estava validado por uma vistoria da Liga na semana anterior à deslocação do F. C. Porto", revelou.

E prosseguiu: "De quem é a responsabilidade disto? Do IPDJ, do Estado português, que é o dono do Jamor. É que isto nem tem nada a ver com o Belenenses SAD, nem com a FPF, é com o IPDJ... Do senhor secretário de Estado, do senhor ministro da Educação e do senhor primeiro-ministro. Por graus, a hierarquia é esta. Entretanto, hoje houve uma vistoria da Liga que disse que o relvado estava interditado".

Lamentando a situação, Francisco J. Marques visou a Liga Portugal pelas consequências da medida só agora tomada. "O Belenenses SAD - Nacional de 20 de fevereiro vai ser disputado em Mafra. O relvado vai ser recuperado neste período de tempo, não vai haver jogos de râguebi, nem de sub-23 do Estoril, nem o diabo a quatro e o relvado vai estar um brinquinho para na jornada seguinte, a 22.ª, o Belenenses SAD poder regressar aos jogos no Jamor. No dia 7 de março o relvado, repito, vai estar um brinquinho para receber... o Benfica! Coincidência brutal! Isto, meus amigos, é com a complacência e cumplicidade da Liga, que não cuida de tratar de todos os clubes da mesma forma", rematou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG