Gil Vicente-Arouca

Galos com bico pouco afiado para furar muralha

Galos com bico pouco afiado para furar muralha

Gilistas anularam desvantagem inicial, mas não conseguiram dobrar a consistência arouquense.

Depois de na jornada passada terem interrompido um longo jejum de vitórias na Liga Portugal, Gil Vicente e Arouca não conseguiram, esta sexta-feira, dar sequência à recuperação, acabando por amealhar um ponto cada, num jogo em que os barcelenses tiveram sinal mais, mas saíram castigados pela falta de eficácia.

O Arouca até começou melhor o desafio, e, pouco depois do quarto de hora, colocou-se em vantagem, num rápido contra-ataque, apimentado com uma assistência de calcanhar de Pedro Moreira para um remate indefensável de Arsénio. Os galos não se conformaram com o revés e de imediato manietaram o adversário, criando uma mão cheia de oportunidades.

No entanto, só após o descanso os minhotos resgataram o empate, num belo remate de Fran Navarro, servido por Talocha, que motivou a equipa a querer reviravolta, mas essa intenção esbarrou nas mesmas dificuldades na finalização. O Arouca, consistente, também chegou a ameaçar, em contragolpes, mas quando ficou sem André Silva, por expulsão (83 m), conformou-se com o 1-1.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG