Futebol

Benfica, Braga e P. Ferreira com um jogo à porta fechada

Benfica, Braga e P. Ferreira com um jogo à porta fechada

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol puniu, esta terça-feira, Benfica, Braga e Paços de Ferreira com a realização de um jogo à porta fechada. Apesar do anúncio, os castigos poderão ser suspensos se os clubes recorrerem.

Os processos remetem para casos da época passada. No caso do Benfica, os encarnados foram punidos devido ao arremesso de objetos com reflexos. As águias já tinham sido multadas por problemas causados pelos adeptos em Tondela, Portimão e Paços de Ferreira, voltando a causar problemas na deslocação ao Estoril. Este castigo ao Benfica junta-se a outro aplicado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, que também condenou o clube da Luz a disputar um jogo à porta fechada, devido ao apoio às claques ilegais. Neste caso, o Benfica recorreu e o castigo foi suspenso.

Já o Braga e o Paços de Ferreira - o clube da capital do móvel encontra-se atualmente na Liga Pro -, foram castigados por "agressões simples com reflexo no jogo por período igual ou inferior a 10 minutos". No caso dos minhotos, tal sucedeu num jogo frente ao Sporting, na Pedreira. A pena dos pacenses resulta do mau comportamento dos adeptos na receção ao Belenenses.

As interdições serão automaticamente suspensas em caso de recurso para o pleno do CD, cuja decisão costuma demorar apenas alguns dias.

Depois, se as punições se mantiverem, os clubes poderão ainda contestar para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD). Neste caso, terão de apresentar uma providência cautelar. Caso sejam aceites pelo TAD, os castigos ficam suspensos até que seja tomada uma decisão definitiva.

ver mais vídeos