Desporto

Benfica e Sagres assinam patrocínio por 12 épocas

Benfica e Sagres assinam patrocínio por 12 épocas

Luís Filipe Vieira recusou a ideia de poder ser criticado por celebrar um contrato de tão longa duração quando o Benfica se prepara para ir a eleições.

O Benfica formalizou, esta sexta-feira, um contrato com a Central de Cervejas, num acordo de patrocínio que colocará a marca Sagres na camisola oficial de futebol dos "encarnados" por 12 épocas, mas cujo valor não foi revelado.

"O contrato é de 12 anos com início na próxima época. A única coisa que gostaria de adiantar sobre valores é o que a Sagres investe em patrocínio e activação de futebol por ano, que é de cerca de 12 milhões de euros", disse o presidente da Sociedade Central de Cervejas, Alberto da Ponte.

Alberto da Ponte lembrou ainda que a Sagres tem "forte tradição e herança no futebol profissional e não profissional", através da ligação à selecção, desde 1993, e mais recentemente com a Liga de futebol principal.

Já o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, mostrou-se agradado com o novo patrocínio, mas também se escusou a falar dos números do negócio que coloca a marca de cervejas na equipa de futebol.

Luís Filipe Vieira recusou a ideia de poder ser criticado por celebrar um contrato de tão longa duração (12 anos) quando o Benfica se prepara daqui a semana para eleições nos seus órgãos sociais.

"Espero não ser criticado, nem o deverei ser, a administração da SAD do Benfica esta em pleno exercício e desde o princípio do ano que começámos a anunciar esta parceria. Qualquer direcção do Benfica irá ter orgulho neste contrato", disse o dirigente "encarnado".

O presidente do Benfica, que tem na corrida às eleições a concorrência do director-geral do PortoCanal, Bruno Carvalho, disse que as únicas críticas só podem apontar para o facto deste negócio "salvaguardar o futuro" do clube.

ver mais vídeos