Sporting

Bruno de Carvalho: "Isto foi chato mas o crime faz parte do dia-a-dia"

Bruno de Carvalho: "Isto foi chato mas o crime faz parte do dia-a-dia"

O presidente do Sporting garantiu que a equipa leonina vai disputar a final da Taça de Portugal, agendada para domingo, e que o episódio ocorrido em Alcochete "foi chato".

"Um dia muito difícil para o Sporting. Lamento ter ouvido o Secretário de Estado do Desporto ter dito que era preciso ter tomado decisões corajosas mas não dizer quais são. O que se passou aqui hoje é um ato criminoso. Vamos aguardar para ver quem foram os responsáveis e tomar as medidas".

O líder máximo dos leões garantiu ainda que o Sporting vai estar presente na final do Jamor, frente ao Aves.

"Num primeiro momento, os jogadores estão em estado de choque. Claro que vamos estar no Jamor, provavelmente muitas pessoas não queriam mas vamos estar, claro que vamos jogar, claro que os jogadores estão tristes com o que aconteceu mas querem jogar", concluiu, em declarações à Sporting TV, para em seguida pedir calma aos adeptos dos leões.

"Os jogadores querem sentir-se seguros e queremos é que eles estejam bem para ganharmos o troféu. Tenho de repudiar todas estas situações. Isto não é frustração, é crime público. E quero pedir, sobretudo, calma ao universo sportinguista. Isto foi chato e temos de nos habituar que o crime faz parte do dia a dia. Já ouvi uma série de teorias mirabolantes, uma delas sendo que este é o meu "modus operandi", porque nas Assembleias Gerais não deixo quem quer falar mal, falar. É falso. O meu "modus operandi" não é gostar de ver atletas e staff, que são a família que escolhi, serem agredidos", concluiu.

ver mais vídeos