Futebol

Federação confirma que Aves "não reúne condições" para a Liga Europa

Federação confirma que Aves "não reúne condições" para a Liga Europa

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) emitiu, esta terça-feira, um comunicado no qual considera que a equipa do Aves, vencedora da Taça de Portugal,"não reúne condições para ser indicado à UEFA por não ter participado no processo de licenciamento".

Após vencer (2-1) o Sporting, no Jamor, e conquistar a Taça de Portugal, o Aves não só conquistou o primeiro troféu como, aparentemente, um lugar na fase de grupos da Liga Europa. No entanto, a festa acabaria por ter um sabor amargo: ao contrário do que seria esperado, a equipa da Vila das Aves não procedeu, em tempo útil, à inscrição necessária junto da Federação.

O presidente da SAD do Desportivo das Aves, Luiz Andrade, disse esta segunda-feira que a FPF assegurou que bastava aos avenses vencerem a Taça de Portugal para estarem presentes na Liga Europa.

"Houve conversas entre o Aves e a Federação sobre esse licenciamento. Houve alguns problemas no nosso estádio, problemas de falta de condições. O Aves tinha acabado de subir da II divisão e sempre nos disseram na federação que não havia problema e que o Aves precisava apenas de ganhar a Taça de Portugal para estar na Liga Europa", explicou.

No entanto, a FPF oficializou, esta terça-feira, em comunicado, que a equipa de José Mota não reúne as condições para marcar presença na competição europeia, dando lugar ao Rio Ave, quinto classificado da liga.

"A Federação Portuguesa de Futebol indicou à UEFA esta terça-feira, 22 de maio, os clubes que representarão Portugal nas competições europeias na temporada 2018/19: FC Porto e SL Benfica (Liga dos Campeões); Sporting CP, SC Braga e Rio Ave FC (Liga Europa)", explica a Federação Portuguesa de Futebol em comunicado.

Sublinhando que participaram 13 clubes portugueses no licenciamento, a FPF revela que o "Clube Desportivo das Aves, Futebol SAD, vencedor da Taça de Portugal, não reúne condições para ser indicado à UEFA por não ter participado no processo de licenciamento".