Pirata do Benfica

Francisco J. Marques: "Autoridades sabem como tive acesso à informação"

Francisco J. Marques: "Autoridades sabem como tive acesso à informação"

O diretor de comunicação do F. C. Porto reagiu às notícias que apontam o português Rui Pinto, que reside no leste europeu, como principal suspeito da Polícia Judiciária de ser o autor do ataque informático ao Benfica

"Não sei se o Rui Pinto é o hacker ou não. Sei que o FC Porto não pagou e sei que os mails existem e são verdadeiros. As autoridades sabem desde a primeira hora como tive acesso à informação que permitiu, por exemplo, descobrir os corruptos que andavam a violar o sistema judicial", escreveu Francisco J. Marques no Twitter, esta quarta-feira, em jeito de reação à notícia da revista "Sábado".

De acordo com aquela publicação, Rui Pinto está a ser investigado em Portugal e Espanha por ser o responsável pelo roubo dos emails ao Benfica. O alegado "hacker" é natural de Vila Nova de Gaia e é considerado um génio informático.

Recorde-se que, em 2016, Rui Pinto já tinha sido "acusado" de ser o autor do ataque informático que colocou na praça pública muitos dos contratos celebrados entre clubes e jogadores de futebol, visando sobretudo o F. C. Porto, através do site Football Leaks.

ver mais vídeos