Futebol

Jesus sai do Sporting por mútuo acordo

Jesus sai do Sporting por mútuo acordo

Jorge Jesus está de saída do clube leonino, depois de ambas as partes terem chegado a um acordo, noticia o jornal "O Jogo".

Jesus não irá, desta forma, receber qualquer indemnização pela rescisão do contrato.

O contrato previa mais uma época, mas as partes conseguiram um acordo amigável, que deverá ser anunciado até segunda-feira, refere "O Jogo".

O técnico já terá, pelo menos, um acordo verbal com o clube saudita Al-Hilal - no qual joga o brasileiro Carlos Eduardo, antigo jogador do F. C. Porto - durante uma época por sete milhões de euros livres de impostos, com o bónus de mais três milhões por objetivo.

O jornal saudita "Al-Watan" já tinha adiantado na semana passada que Jorge Jesus e o Al-Hilal já tinham chegado a um consenso para que o técnico português rumasse ao futebol saudita já no final desta temporada. O acordo, que terá sido garantido pelo presidente do clube, Sami Al-Jaberno, estaria dependente de garantias financeiras, que se comprometeram a assegurar.

Na carta de rescisão de Rui Patrício, divulgada na sexta-feira, o guarda-redes da seleção nacional confirmou que a equipa técnica foi despedida logo após o jogo da Madeira, em que o Sporting perdeu por 2-1 contra o Marítimo, ditando o afastamento da Liga dos Campeões. "Antes da reunião com os jogadores, o presidente reuniu com a equipa técnica e informou-os que o Sporting não contaria mais com eles", explicou Rui Patrício.

No entanto, na sexta-feira, Bruno de Carvalho tinha garantido que Jesus tinha "mais um ano de contrato".