Vídeo

Macaco confronta Paulo Gonçalves: "Devia era estar a almoçar no Linhó"

Macaco confronta Paulo Gonçalves: "Devia era estar a almoçar no Linhó"

O líder da claque Super Dragões cruzou-se com Paulo Gonçalves, esta segunda-feira, num restaurante do Porto. Fernando Madureira dirigiu-se à mesa onde estava o antigo diretor jurídico da SAD e interpelou-o. O vídeo do momento logo chegou às redes sociais e, ao JN, Macaco contou o que as imagens não mostram

"Fui almoçar com a minha esposa e ele estava lá com um miúdo e outro homem. Fui à mesa deles e perguntei-lhe se não tinha vergonha de andar na rua... Um gajo que está acusado de corromper árbitros, jogadores e funcionários judiciais. Depois disse-lhe que ele [Paulo Gonçalves], tal como o patrão dele, devia era estar a almoçar no [Estabelecimento Prisional] Linhó, a comer de marmita e não ali", contou, ao JN, Fernando Madureira, também conhecido por Macaco.

Depois de ter confrontado o antigo dirigente do Benfica, o líder da claque dos Super Dragões sentou-se "a almoçar, numa mesa ao lado e depois ele saiu". Macaco rematou, depois, assim: "Foi uma abordagem, confrontei-o por ele andar a prejudicar não só o F. C. Porto, mas o futebol, a justiça...".

O encontro, refira-se, ocorreu num restaurante na zona da Foz, no Porto. O JN tentou ainda contactar Paulo Gonçalves, mas o advogado tinha o telemóvel desligado.