Desporto

Nuno Gomes só precisa de 61 minutos para marcar

Nuno Gomes só precisa de 61 minutos para marcar

Mais rápido do que a própria sombra. Aos 33 anos, Nuno Gomes não satisfaz a máxima que caracterizou Lucky Luke no plano da movimentação em campo, mas continua a cumpri-la no que toca a golos. O goleador é quem menos tempo precisa para marcar na Liga.

A qualidade dos elementos do ataque benfiquista concedeu pouco espaço ao capitão encarnado, que esta temporada não teve as oportunidades de Óscar Cardozo, Saviola, Weldon e Aimar.

O treinador Jorge Jesus lançou-o em 11 jogos da principal prova portuguesa, mas apenas num total de 185 minutos de utilização. Passagens rápidas, no entanto, bem aproveitas pelo goleador, que marcou três golos. Dois números que lhe garantem o estatuto de jogador que menos tempo precisa para marcar na Liga, numa média de um tento em cada 61 minutos em campo.

Vitória de Setúbal e Nacional foram alvos do benfiquista, que entrou na fase final dos encontros - 80 e 78 minutos, respectivamente - e conseguiu marcar cinco e oito minutos depois. O cenário repetiu-se na visita dos encarnados a Olhão, num embate extremamente complicado. Surgiu nas quatro linhas aos 82 minutos, num momento em que a equipa encarnada perdia por 2-1, e mostrou letalidade já em tempos de descontos, garantindo o empate. Um resultado extremanente importante e que, na altura, possibilitou ao Benfica manter a vantagem de um ponto sobre o F. C. Porto, na véspera de enfrentar o tetracampeão nacional na Luz.

Weldon, elemento em destaque nas últimas jornadas, é o futebolista da Liga que está mais próximo de Nuno Gomes. Assinou cinco golos em 317 minutos, numa média de 63 minutos por cada finalização.

O argentino Ernesto Farías ocupa o terceiro lugar do pódio. O avançado do F. C. Porto foi opção de Jesualdo Ferreira durante 521 minutos e marcou em seis oportunidades, assinando um ratio de 86 minutos.

Djalmir, brasileiro do Olhanense é o único futebolista que surge no topo da lista dos 105 marcadores e que não pertence a nenhum dos emblemas grandes.

O avançado possui uma média de 101 minutos por cada uma das nove acções decisivas do conjunto de Jorge Costa, em 916 minutos da competição.

Os primeiros lugares do ranking abrangem, ainda, dois habituais titulares de águias e dragões. Falcao e Cardozo ocupam a quinta e sexta posições. O colombiano é, de momento o melhor marcador da Liga, uma vez que possui o mesmo número de golos do paraguaio (21), mas com menos tempo de jogo. Uma diferença mínima, mas que origina uma relação de maior eficácia. O número nove dos azuis e brancos necessita de 101 minutos para marcar. O sete dos encarnados tem mais 60 segundos em campo e, dessa forma, entra nos 102 minutos.

ver mais vídeos