Sub-21

Portugal desperdiça vantagens e empata na Hungria

Portugal desperdiça vantagens e empata na Hungria

Portugal cedeu esta quinta-feira pontos pela segunda vez na qualificação para o Europeu de futebol de sub-21, ao empatar 3-3 na Hungria, na sua penúltima partida no grupo 4 e já com o apuramento assegurado.

Depois de ter tido vantagem de dois golos por duas vezes (2-0 e 3-1), a equipa de Rui Jorge consentiu a igualdade já perto do final, sofrendo mais golos na deslocação a Gyor do que em todos os oito encontro anteriores, em que tinha encaixado apenas um,

Líder destacada do grupo, com sete vitórias e dois empates, a 'equipa das quinas' chegou ao 2-0 no espaço de três minutos, com golos de Diogo Jota, aos 10, e João Carvalho, aos 13, respetivamente.

No entanto, aos 28 minutos, Miguel Silva levou o árbitro escocês Kevin Clancy a assinalar penálti contra Portugal numa disputa de bola na área portuguesa com Dominik Nagy, o qual, encarregado da execução, reduziu para 2-1, resultado que se registava ao intervalo.

Na segunda parte, a seleção lusa voltou a marcar por Daniel Podence, aos 49 minutos, após assistência de Francisco Geraldes, mas a seleção magiar reduzir novamente, ao minuto 62, por Daniel Prosser, jogador que tinha entrado na segunda parte, e chegou mesmo ao empate ao minuto 78 por Norbert Balogh.

Miguel Silva, Simão Azevedo, Francisco Geraldes e Daniel Podence cumpriram a sua primeira internacionalização nos sub-21, elevando para 34 os jogadores utilizados pelo selecionador Rui Jorge nesta fase de qualificação.

O médio Rony Lopes lesionou-se no último treino antes do jogo com a Hungria e não vai seguir viagem com a comitiva lusa para o Liechtenstein, onde Portugal encerra a fase de qualificação, a 11 de outubro.

ver mais vídeos