Liga 2

Jogador do Benfica B denuncia ter sido alvo de racismo em Vila do Conde

Jogador do Benfica B denuncia ter sido alvo de racismo em Vila do Conde

Sandro Cruz foi insultado enquanto saía do campo no encontro frente ao Rio Ave, da Liga 2.

Sandro Cruz, futebolista do Benfica B, denunciou este domingo que foi vítima de um caso de racismo enquanto se dirigia para a linha de fundo para ser substituído aos 60 minutos da partida frente ao Rio Ave, a contar para a Liga 2.

No Twitter, Sandro Cruz descreveu o sucedido como "nojento". "Hoje infelizmente passou-se mais um episódio nojento na nossa sociedade e no nosso desporto por isso é que continua como está. Mas continuamos a ser hipócritas o suficiente para dizer que não somos um país racista!", começou por escrever.

O futebolista deixou ainda críticas à Liga Portugal, pelas campanhas contra o racismo, e pediu que sejam tomadas sérias medidas contra o Rio Ave. "Que este episódio seja para refletir e saber que somos muito melhores que isto... e que as campanhas de 'Racismo Não' acabem! Porque é só para fechar os olhos, continuam tantos racistas por Portugal fora! Espero bem que a Liga tome medidas severas para com este incidente e que o Rio Ave jogue à porta fechada durante muito tempo! Pior é saber que uma massa associativa apoia um clube que está cheio de profissionais 'Pretos' mas ousam chamar-me preto!".

Num vídeo da transmissão da partida, pode-se ouvir os comentários vindos da bancada.

PUB

"O Rio Ave FC não se revê em qualquer atitude de teor racista ou desrespeitosa para com qualquer pessoa. Os nossos valores e alicerces assentam no respeito profundo, na integração, na aceitação e na perfeita convivência de todos. Sempre o foi e sempre o será. É uma pedra basilar da nossa filosofia de vida. Repudiamos qualquer ato de racismo, xenofobia ou outro que vise ofender ou ostracizar alguém. Os temas raça, religião, opção ideológica, política ou orientação não são sequer assunto", pode ler-se, no comunicado do Rio Ave a reagir ao incidente.

"No seguimento das notícias vindas a público, após o encontro da 30ª jornada da Liga Portugal SABSEG, diante do SL Benfica B, o Rio Ave FC sublinha que não se apercebeu, no decorrer do encontro, de qualquer ato de racismo para com o atleta Sandro Cruz. Demonstramos toda a nossa solidariedade para com o atleta do SL Benfica, prontificando-nos a colaborar com as autoridades na identificação dos presumíveis perpetradores de atos indignos, de forma a serem culpabilizados por tal. Contudo, alertamos também que não se pode confundir a árvore com a floresta, pelo que um ato isolado não deve ser atribuído à instituição Rio Ave FC nem à generalidade dos seus adeptos, que connosco partilham dos mesmos princípios e valores", acrescentou o clube de Vila do Conde.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG