O Jogo ao Vivo

Ténis

Jogo solidário entre Federer e Nadal rende 3,5 milhões de euros para crianças em África

Jogo solidário entre Federer e Nadal rende 3,5 milhões de euros para crianças em África

O suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal disputaram esta sexta-feira, o jogo solidário "The Match in Africa", que juntou mais de 51 mil pessoas no estádio da Cidade do Cabo, um recorde num jogo de ténis, e amealhou mais de três milhões de euros para a educação de crianças africanas.

A longa amizade que une Federer e Nadal ultrapassa qualquer rivalidade que possa haver quando estão em lados oposto do campo na luta por mais um troféu para os já extensos palmarés. Mas há momentos em que mesmo estando em lados diferentes da rede, ambos se alinham por um mesmo propósito: angariar dinheiro para uma causa nobre.

Esta sexta-feira, no estádio da Cidade do Cabo assistiu-se a mais um momento especial protagonizado por estas duas lendas vidas da modalidade. O relvado de futebol transformou-se num court de ténis para ser palco de uma partida solidária entre o suíço e o espanhol, na qual foram amealhados qualquer coisa como 3,5 milhões de doláres (cerca de 3,2 milhões de euros) para apoiar a educação das crianças em África.

"The Match in Africa" (O Jogo em África), assim é denominado o evento promovido pela Fundação Roger Federer, vai na sexta edição, mas realizou-se pela primeira vez no continente africano. E ficará para a história como o que teve maior assistência: 51954 espectadores, um recorde absoluto num embate de ténis.

Para além do encontro entre as duas estrelas maiores da modalidade, o evento teve momentos musicais e acrobáticos, e contou com as presenças do empresário norte-americano Bill Gates e do comediante e apresentador sul-africano Trevor Noah, que disputaram um encontro de pares com os dois jogadores.

Num momento de grande descontração e muita diversão, Gates e Federer repetiram a dupla de outras edições e bateram a do anfitrião Noah e de Nadal, por 6-3.

No entanto, os mais de 50 mil espectadores aguardavam mesmo era a possibilidade de assistirem à partida "mais a sério" entre as duas estrelas, que não desiludiram. Embora o resultado seja o menos importante, o suíço fez jus às raízes africanas (a mãe é da África do Sul) e derrotou o espanhol por 6-4, 3-6 e 6-3.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG