O Jogo ao Vivo

Futebol

Mourinho sobre Maradona: "Nas minhas grandes derrotas, ele ligava-me sempre"

Mourinho sobre Maradona: "Nas minhas grandes derrotas, ele ligava-me sempre"

O treinador português José Mourinho, do Tottenham, falou esta quinta-feira sobre a relação de amizade que mantinha com Diego Maradona, falecido na quarta-feira aos 60 anos, no final da goleada (4-0) do emblema inglês aos búlgaros do Ludogorets, para a Liga Europa.

"Há o Maradona e o Diego. O Maradona que todo o mundo conhece e nunca esquecerá. Fiz questão que o meu filho soubesse muito sobre ele, mesmo tendo nascido depois de ele jogar. Sei que o meu filho fará questão de, um dia quando for pai, não deixar que os filhos deixem de saber quem foi Maradona. Foi o que fez o meu pai comigo em relação ao Di Stefano. Nunca o vi a jogar, mas o meu pai fez questão que eu soubesse muito sobre ele. O Diego na minha geração foi o que todos sabem", começou por salientar o técnico português, sobre o jogador.

E falou depois sobre o amigo. "Existe depois o Diego, a pessoa, e desse sinto falta. Lamento não ter passado mais tempo com ele. Adoraria, porque a sua família, os seus grandes amigos, os seus colegas são muito privilegiados por passarem tempo com ele e o conhecerem bem. Eu conheço-o bem o suficiente. Nas minhas grandes derrotas, ele ligava-me sempre. Nas minhas vitórias, nunca! Vou sentir falta dele. Estou muito triste, claro, mas tenho um sorriso no rosto porque todos os minutos que passei com ele foram a sorrir", completou.

Outras Notícias