Exclusivo

O português que subiu de mecânico de karts a diretor de corrida na Fórmula 1

O português que subiu de mecânico de karts a diretor de corrida na Fórmula 1

Eduardo Freitas foi escolhido pela Federação Internacional Automóvel (FIA) para substituir, em coliderança, o diretor de corridas da Fórmula 1, Michael Masi, muito criticado depois da última prova do mundial da categoria.

Eduardo Freitas vai desempenhar, de forma alternada com o alemão Niels Wittich, o cargo de diretor de corrida no Mundial de Fórmula 1, substituindo o australiano Michael Masi, anunciou a Federação Internacional do Automóvel (FIA).

Natural de Cascais, Eduardo Freitas tem 60 anos (nasceu a 27 de outubro de 1961) e chega ao topo da carreira, após 40 anos a ver carros a passar. Começou como mecânico e passou por todos os degraus da "fiscalização" do Mundo automóvel, tendo passada a última década a gerir corridas do Mundial de Resistência, como a icónica "24 horas de Le Mans", por exemplo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG