Champions

Olympiacos de Pedro Martins afastado nos penáltis na terceira pré-eliminatória

Olympiacos de Pedro Martins afastado nos penáltis na terceira pré-eliminatória

O Olympiacos, treinado pelo português Pedro Martins, foi esta terça-feira eliminado na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões pelo Ludogorets, nos penáltis, após um empate a dois golos no final do tempo regulamentar e no prolongamento.

A equipa grega adiantou-se no marcador aos 31 minutos, pelo francês Yann M'Vila e chegou ao intervalo com essa vantagem, mas bastaram quatro minutos, aos 49, para um lance infeliz do internacional português Rúben Semedo resultar num autogolo que colocou o resultado empatado a um golo para cada lado.

A equipa búlgara consumaria a reviravolta aos 57 minutos, através do avançado cipriota Pieros Sotiriu, mas o goleador marroquino Youssef El Arabi recolocou o Olympiacos na discussão da eliminatória, cuja primeira mão, em Atenas, terminou com um empate a um golo.

PUB

A equipa de Pedro Martins ficou reduzida a dez unidades a partir dos 86 minutos, devido à expulsão do central senegalês Ousseynou Ba, com quem Rúben Semedo faz dupla no eixo da defesa.

Com a alteração introduzida esta época pela UEFA, de abolir a vantagem resultante dos golos fora, foi necessário recorrer a um prolongamento, que não alterou o resultado que se verificava no final dos 90 minutos e foi necessário recorrer a uma série de grandes penalidades.

O Ludogorets concretizou os quatro penáltis que cobrou (já não foi necessário marcar o quinto), enquanto o Olympiacos falhou dois, um pelo internacional francês Mathieu Valbuena, e outro pelo avançado egípcio Koka, ex-Sporting de Braga, então conhecido como Hassan.

Já o internacional português Gelson Martins voltou a estar em destaque ao marcar o primeiro golo que abriu o caminho para a vitória do Mónaco na receção aos checos do Sparta de Praga, por 3-1.

O ex-avançado do Sporting já tinha sido o autor do único golo da sua equipa na passada sexta-feira, na receção ao Nantes, na primeira jornada da I Liga francesa, que terminou com um empate a uma bola.

Outro internacional português, Bruma, deu hoje a vitória aos holandeses do PSV Eindhoven sobre os dinamarqueses do Midtjylland, já em período de compensações, aos 90+3 minutos, tendo entrado aos 64, a render o jovem inglês Noni Madueke, de 19 anos.

O PSV, que eliminou o Midtjylland (3-0 e 1-0) na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, vai ser o adversário do Benfica no play-off de acesso à fase de grupos da competição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG