Futebol

Paris Saint-Germain vence em Marselha e retoma terceiro lugar isolado

Paris Saint-Germain vence em Marselha e retoma terceiro lugar isolado

O campeão Paris Saint-Germain venceu (2-0), este domingo, em casa do Marselha, na 24.ª jornada da liga francesa, liderada pelo Lille, que regressou ao comando após o triunfo sobre o Nantes.

Kylian Mbappé colocou o Paris Saint-Germain em vantagem aos nove minutos e o argentino Mauro Icardi, aos 24, com um golpe de nuca de costas para a baliza, elevou para 2-0 com um 'chapéu' ao guarda-redes do Marselha Steve Mandanda.

Com o triunfo em casa do Marselha, numa partida em que o internacional português Danilo Pereira saiu do banco aos 66 minutos, o PSG passa a somar 51 pontos na terceira posição, a um do Lyon (segundo, com 52) e a três do líder Lille.

O Marselha, que esta semana se despediu do treinador português André Villas-Boas, somou o seu sexto jogo no campeonato francês sem vencer e segue no nono lugar, com 33 pontos e menos dois jogos, a 15 pontos da última equipa em lugar europeu.

O Lille venceu por 2-0 em casa do Nantes, com dois golos do canadiano Jonathan David, aos 09 e 83 minutos, e recuperou a liderança entregue provisoriamente no sábado ao Lyon.

O português José Fonte foi titular na sexta vitória consecutiva do Lille na Ligue 1, tendo o treinador Christophe Galtier lançado ainda no jogo Renato Sanches, aos 70 minutos, e Xeka, aos 88. Tiago Djaló não saiu do banco.

O Nantes ocupa o 18.º lugar, com 19 pontos, com apenas quatro de vantagem sobre o Dijon (19.º, com 15) e o lanterna-vermelha Nimes (20.º, com 15 e menos um jogo), que se encontram na zona de despromoção automática.

PUB

O Mónaco venceu por 4-3 em casa do Nimes, com um 'hat-trick' do russo Aleksandr Golovin, que marcou aos 03, 12 e 62 minutos, sustentado por um quarto golo do alemão Kevin Volland, aos 77.

O Nimes ainda procurou contrariar a sétima vitória consecutiva da formação monegasca ao empatar a 2-2, com golos de Lucas Deaux, aos 23 minutos, e Zinedine Ferhat, aos 32, e ainda reduziu para 3-4 pelo sueco Niclas Eliasson, aos 81.

A formação monegasca segue no quarto lugar da liga gaulesa, com 48 pontos, a seis do líder Lille, enquanto o Nimes permanece na última posição, com 15 pontos, embora com um jogo em atraso.

O Brest regressou aos triunfos, após um jejum de cinco jogos, ao vencer em casa por 2-1 o Bordéus, que até marcou primeiro pelo coreano Hwang Ui-jo, aos 56 minutos, com a reviravolta a surgir com golos de Steve Mounié, aos 80, e Romain Faivre, aos 85.

O Bordéus, que somou a terceira derrota consecutiva no campeonato gaulês, segue na 10.ª posição, com 32 pontos, em igualdade pontual com o Montpellier (11.º, também com 32), enquanto o Brest é 12.º, com 30.

O Montpellier inverteu a tendência dos últimos nove jogos e venceu em casa o Dijon, por 4-2, com um bis de Gaetan Laborde, aos 48 e 56 minutos, e golos de Téji Savanier, aos 61, e do sérvio Petar Skuletic, aos 90+1.

O Dijon, que somou a quarta derrota consecutiva, marcou pelo maliano Senou Coulibaly, aos 05 minutos -- que viria a ser expulso aos 69 por acumulação de amarelos -, e pelo senegalês Moussa Konaté, aos 88.

O Nice, com o português Rony Lopes no onze e a ser substituído aos 65 minutos, venceu em casa por 3-0 o Angers, de Matheus Lage, com golos do costa-marfinense Souleyman Doumbia, aos 09 na própria baliza, Nyziane Maolido, aos 17, e Amine Gouiri, aos 83.

O Saint-Étienne venceu em casa o Metz, por 1-0, com um autogolo do ganês John Boye, aos 14 minutos. O Metz é sétimo classificado, com 35 pontos, enquanto o Saint-Étienne é 15.º, com 26.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG