Basquetebol

Portugal vence Albânia e segue em frente no Mundial

Portugal vence Albânia e segue em frente no Mundial

A seleção portuguesa de basquetebol garantiu este sábado, praticamente, um lugar na segunda fase de pré-qualificação para o Mundial de basquetebol de 2023, ao bater a Albânia por 88-70, em Matosinhos.

Portugal está no segundo lugar do Grupo A da primeira ronda de pré-qualificação, com sete pontos, contra oito da líder a Bielorrússia, cinco da Albânia e quatro do Chipre, pelo que só precisa de comparecer aos últimos dois encontros.

O encontro com a Albânia foi duro para Portugal, que só o resolveu nos minutos finais, pois, até aí, o triunfo não estava garantido. A intensidade albanesa e a insegurança portuguesa explicam boa parte do que foi este jogo, sempre muito disputado e muitas vezes sem grande qualidade.

Portugal, que deveria ter cumprido este jogo em solo albanês, que não aconteceu devido à pandemia da covid-19, comandou sempre a primeira metade e, sem brilhar, foi impondo a sua maior qualidade a uma Albânia esforçada, mas sem grandes argumentos para lutar de igual para igual.

Os albaneses evitaram que a seleção portuguesa descolasse no marcador no primeiro parcial, graças a uma grande entrega, e isso explica parte da desvantagem de apenas seis pontos (16-22).

O segundo parcial foi um pouco melhor para Portugal, sendo que Pedro Bastos foi o que mais se destacou, com nove pontos neste período, através de lançamentos de três pontos.

Sem nada a perder, a Albânia deu tudo na segunda parte, arriscou quanto pôde e reduziu para 44-50 e 48-52, com Portugal a sentir muitas dificuldades para impor o seu jogo, de tal modo que Mário Gomes ficou mesmo irritado.

PUB

A desinspiração atingiu então toda a seleção nacional, que falhou tanto no ataque como na defesa, e os albaneses ganharam confiança, pressionaram e festejaram cada ponto obtido como se fosse um título.

O terceiro parcial terminou com Portugal na frente (62-69), apesar de tudo, e o seguinte começou com um triplo de Miguel Queiroz, mas com os albaneses a não se renderem e a lutarem por cada bola e pelo resultado até ao fim.

Com pouco mais de cinco minutos para jogar, o resultado mantinha-se favorável à seleção portuguesa, mas o nervosismo da equipa era bem evidente e a determinação albanesa também. Gerti Shima, um dos melhores jogadores da Albânia acabou mesmo por ser desclassificado.

A frustração apoderou-se então dos albaneses e Portugal conseguiu, finalmente, distanciar-se no marcador, respirar de alívio e garantir um triunfo que teve tanto de merecido como de sofrido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG