Inglaterra

Roman Abramovich entrega gestão do Chelsea

Roman Abramovich entrega gestão do Chelsea

Roman Abramovich informou, este sábado, que entregou a gestão do Chelsea à Fundação do clube. Decisão terá a ver com a ligação ao regime de Vladimir Putin.

"Durante os meus quase 20 anos como proprietário do Chelsea, sempre considerei o meu papel como guardião do clube, cujo trabalho é garantir que sejamos tão bem sucedidos quanto podemos ser hoje, bem como construir para o futuro, ao mesmo tempo desempenhando um papel positivo na comunidade. Sempre tomei decisões com o melhor interesse do clube no coração. Continuo comprometido com esses valores. É por isso que hoje entrego aos dirigentes da Fundação de caridade do Chelsea a administração e os cuidados do Chelsea», pode ler-se em comunicado.

A decisão de Abramovich, que adquiriu o clube londrino em 2003, por 155 milhões de euros, tendo conseguido 19 títulos desde então, terá a ver com a ligação com o presidente Vladimir Putin e foi tomada após algumas críticas. O deputado inglês Chris Bryant defendeu que, não só Roman Abramovich, como também Alisher Usmanov, investidor do Everton, deviam ser alvo de sanções por parte do governo do Reino Unido devido às estreitas ligações que mantêm com Vladimir Putin.

"Devem deixar absolutamente claro que se opõe à invasão ilegal da Ucrânia. Eles devia alinhar-se em frente das câmaras de TV e dizer 'Certamente, por amor de Deus, isto não pode estar a acontecer'. Caso contrário, vamos concluir que ainda apoiam Putin", disse em declarações ao "The Telegraph".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG