Futebol

Sérgio Conceição e as críticas dos adeptos: "Estou a cagar para isso"

Sérgio Conceição e as críticas dos adeptos: "Estou a cagar para isso"

No rescaldo do empate frente ao Marítimo, Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem e à exibição da equipa madeirense: "A forma como o Marítimo tentou levar um pontinho foi incrível", disse.

"Faltou fazer golos nas oportunidades que tivemos, suficientes para ganhar por mais do que a diferença mínima. Foi mais luta do que jogo. Querem que as equipas joguem bem, que proporcionem bom espetáculo, mas foi inadmissível o estado do relvado, completamente encharcado. Como é possível fazer um jogo da Liga aqui, com um jogo 48 horas antes? É inexplicável", começou por dizer Sérgio Conceição, após o jogo.

"Há várias coisas, a forma como procurámos o golo, a forma como o adversário tentou levar daqui um pontinho foi incrível. O árbitro foi conivente, tivemos mais amarelos, seis faltas seguidas do adversário e não vê um amarelo. Parece que querem ser mais papistas do que o papa. Tentámos de tudo para ganhar o jogo. Foi um espetáculo muito pobre, muito pobre", acrescentou.

O treinador dos azuis e brancos considerou ainda ter havido "benevolência com o anti-jogo do adversário" e apelou à união dos adeptos.

"O importante é que estejamos todos juntos. Não houve competência no máximo para meter a bola lá dentro. Agora, falta de dedicação, determinação, isso não houve. Gostamos de receber palmas quando ganhamos, todos juntos somos fortes. Dragões juntos somos fortes. Sei que agora nas redes sociais vou ser insultado e vou ser sincero, estou a cagar para isso. Tenho o foco na minha equipa", concluiu.

O F. C. Porto empatou (1-1), esta quarta-feira na Madeira, frente ao Marítimo na nona jornada da Liga. Bambock, na primeira metade, e Pepe, na segunda, marcaram os golos do encontro. A equipa azul e branca pode perder a liderança da Liga para o Benfica.

Outras Notícias