Futebol

Sérgio Conceição suspenso 30 dias por ofensas ao árbitro na final da Taça de Portugal de 2019/2020

Sérgio Conceição suspenso 30 dias por ofensas ao árbitro na final da Taça de Portugal de 2019/2020

Sérgio Conceição, treinador do F. C. Porto, foi suspenso esta sexta-feira por 30 dias, na sequência de ofensas ao árbitro portuense Artur Soares Dias no intervalo da final da Taça de Portugal da temporada 2019/2020.

De acordo com o acórdão do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), de 28 de maio, mas tornado público esta sexta-feira, a acusação contra o treinador dos dragões foi considerada "totalmente procedente", pelo que foi condenado a 30 dias de suspensão e a pagar uma multa de 10200 euros.

Os factos aconteceram em 1 de agosto de 2020, no intervalo do encontro ganho pelo F. C. Porto ao Benfica (2-1), já depois de o colombiano Luis Díaz e Sérgio Conceição terem sido expulsos durante a primeira parte.

Segundo a acusação, Conceição aproximou-se "em tom intimidatório e de confrontação" de Soares Dias para o confrontar com as decisões tomadas, dizendo uma série de insultos.

O F. C. Porto também foi multado em 1275 euros pelos protestos e insultos proferidos por jogadores e outros elementos do clube que estavam na bancada do Estádio Municipal de Coimbra, onde se disputou a final.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG