Exclusivo

Toque português ajuda Catar a crescer no futebol

Toque português ajuda Catar a crescer no futebol

Miguel Heitor, natural de Almada, é o diretor de desenvolvimento do futebol da Qatar Stars League e orgulha-se da progressão verificada no país desde que chegou em 2007. "Temos tido muitos resultados positivos a nível desportivo que são fruto do nosso trabalho: em 2011, o Al Sadd conquistou a Liga dos Campeões asiática e, em 2019, o Catar sagrou-se campeão asiático".

O português, de 47 anos, explicou ao JN o trabalho que levou o país a atingir um patamar elevado. "Nos últimos 12 anos, sou o responsável pela implementação de estruturas que permitem captar o rendimento e a performance a nível físico e tático dos jogadores. Instalámos sensores e câmaras em todos os estádios e os nossos relatórios são partilhados com todos os clubes e com a seleção".

Antero Henrique é outra das faces da Liga catari. "É diretor técnico, é uma pessoa experiente a nível de futebol, esteve no F. C. Porto, e também no PSG. Muito competente na área técnica, vai com certeza ajudar a longo termo, as coisas não acontecem logo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG