Futebol

Vídeo mostra a raiva de Fernando Madureira no empate frente ao Rio Ave

Vídeo mostra a raiva de Fernando Madureira no empate frente ao Rio Ave

O líder dos Super Dragões, Fernando Madureira, não escondeu o desalento no final do empate do F.C. Porto frente ao Rio Ave, por 2-2. No final da partida, quando a equipa foi cumprimentar os adeptos, "macaco" atirou a camisola ao chão e pediu aos restantes membros da claque para não aplaudirem os jogadores.

Os portistas venciam por 0-2 o Rio Ave, em Vila do Conde, aos 85 minutos. Nos últimos minutos, a equipa de Daniel Ramos conseguiu empatar o jogo, comprometendo as aspirações dos "dragões" na corrida ao título. Com mais um ponto do que o Benfica, ficam à espera do resultado do jogo de domingo entre a equipa de Bruno Lage e o Sporting de Braga.

Os encarnados, em caso de vitória, podem ficar com mais dois pontos do que a turma de Sérgio Conceição, faltando apenas três jogos para o final do campeonato.

No final da partida, Fernando Madureira era o rosto do desalento da equipa azul. Num vídeo partilhado nas redes sociais pode ver-se o líder da claque Super Dragões visivelmente irritado com a equipa, despindo a camisola e pedindo aos membros da claque para não aplaudirem os jogadores.

Sérgio Conceição, no rescaldo do jogo, lamentou o resultado e disse ser este o momento de pedir desculpas aos adeptos. "Agora há que assumir a responsabilidade porque nesta altura os adeptos não querem saber de desculpas, querem ganhar como eu e a equipa", disse.

Quanto à contestação dos adeptos, Sérgio Conceição deixou uma mensagem clara. "Eles que me assobiem, vou embora no final da época, não há problema. Sou eu que treino os jogadores, se há algo negativo a acontecer é o treinador que paga. Tenho de assumir a responsabilidade. Pego nas minhas malas e vou embora, não há problema absolutamente nenhum", atirou.