Marketing

Há chinelos do Lidl a serem vendidos por 200 euros no OLX. E os memes não param...

Há chinelos do Lidl a serem vendidos por 200 euros no OLX. E os memes não param...

Em três dias o Lidl vendeu "mais de metade " da coleção Lidl Fan. A coleção começou há um ano na Alemanha como uma brincadeira de 1 de abril.

Terá sido uma corrida às lojas, mas desta vez não foi para comprar rolos de papel higiénico: em três dias o Lidl vendeu "mais de metade " da coleção Lidl Fan. Os ténis são dos itens mais procurados e já estão à venda em plataformas como o OLX por 150 euros. Custam na loja pouco mais de 14 euros. Os memes inundaram a internet. Até Fernando Pessoa usa ténis da marca de retalho alimentar. E o Homer Simpson também.

Tudo começou na Alemanha, em abril do ano passado. O dia das mentiras. "A ideia de vender merchandising com o logotipo Lidl surgiu no dia das mentiras do ano passado (em abril de 2019), quando o Lidl Alemanha fez uma publicação nas suas redes sociais com um par de ténis inspirado na logomania, encenando que os iria ter à venda, ou seja, começou como uma brincadeira. Esta brincadeira gerou uma onda de comentários positivos e muitos fãs pediram para os ter à venda. Para dar resposta aos pedidos dos seus fãs, o Lidl produziu algumas unidades de ténis com o formato logomania Lidl para um passatempo nas redes sociais", explica fonte oficial da cadeia ao Dinheiro Vivo/JN.

"O sucesso foi tanto que os premiados acabaram por colocar os mesmos à venda no site eBay, por valores exorbitantes, que chegaram aos 2 mil euros por par. Neste sentido, com o intuito de responder aos desejos dos seus clientes, de forma democrática e acessível a todos, o Lidl apostou no lançamento de uma "Fan Collection", com mais artigos do que apenas os ténis, incluindo meias, chinelos e t-shirts", relembra.

A coleção "Lidl Fan" esteve disponível para venda na Espanha, Alemanha, Suíça, Holanda, Finlândia, entre outros. E este ano o "fenómeno" chegou a Portugal.

"A coleção entrou nas lojas em Portugal no dia 30 de novembro e em apenas três dias, e em alguns dos quais com horário reduzido de abertura de loja, decorrente dos constrangimentos da pandemia, vendemos mais de metade da coleção, tendo as meias e os ténis para homem tido maior procura", adianta fonte oficial. A cadeia não revela quantas unidades foram colocadas à venda.

A coleção é composta por t-shirts e chinelos (4,99 euros), meias (3,99 euros) e também ténis (14,99 euros) para homem e mulher, nos tons de azul e amarelo da marca.

PUB

"Esta coleção foi fabricada na Ásia. O Lidl valoriza e investe em relações de longo prazo com os seus fornecedores e é exigente na seleção dos mesmos, dispondo de um rigoroso código de conduta. As nossas políticas exigem que os nossos fornecedores considerem o ambiente e os colaboradores, bem como seus meios de subsistência, de acordo com a legislação internacional e local. Adicionalmente, exigimos elevados padrões de qualidade e segurança aos nossos fornecedores e menos impacto ambiental, manuseamento e exposição, em todas as etapas, desde a distribuição até à loja", refere fonte oficial da companhia quando questionada sobre a origem da produção.

E o fenómeno nas plataformas de vendas entre consumidores voltou a repetir-se, agora em Portugal. "A venda de artigos da coleção "Lidl Fan" em plataformas online de classificados, foi um fenómeno transversal a outros países onde o Lidl assinala presença que receberam esta coleção primeiro, chegando a ter artigos da mesma à venda no site eBay por 2.000 euros. Neste sentido, a venda de artigos da coleção no site OLX em Portugal segue a mesma tendência, tratando-se de plataformas externas ao Lidl", refere a marca. "Naturalmente que preferimos que os nossos clientes consigam aceder aos nossos artigos pelo melhor preço através das nossas lojas, havendo por isso a preocupação de ter quantidade. Neste momento há ainda artigos da coleção disponíveis nas nossas lojas", alerta.

Uma pesquisa na plataforma de venda entre consumidores que não falta oferta e a preços acima dos de venda em loja, com chinelos e ténis a serem colocados para revenda com preços de 150 a 200 euros ou a coleção por 500 euros. E os memes inundaram as redes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG