Aviação

Fotografia de tripulantes da Ryanair a dormir no chão foi encenada

Fotografia de tripulantes da Ryanair a dormir no chão foi encenada

Afinal, a fotografia que mostrava a tripulação portuguesa de um voo da Ryanair a dormir no chão foi encenada. Quem o garante é a companhia irlandesa, que publicou, nas redes sociais, imagens de uma câmara de vigilância do aeroporto de Málaga que revelam os tripulantes a montar um cenário para que fosse tirada a fotografia.

O caso havia sido denunciado, no início da semana, pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC), depois de um voo com destino ao Porto ter sido desviado, devido à tempestade Leslie, para Málaga, em Espanha. "Os 24 tripulantes ficaram desde a 1.30 hora até às 6 horas (hora local de domingo) sem acesso a comida, bebidas e até sem lugar para todos se poderem sentar", garantia o sindicato em comunicado. Posteriormente, pelas 06 horas, os trabalhadores foram encaminhados para o lounge do aeroporto, continuando "sem acesso a comida e a bebidas", acrescentava a mesma fonte.

"É lamentável e inadmissível que, em pleno século XXI, possamos assistir a este tipo de situações, onde ainda constatamos que a Ryanair opera sem qualquer tipo de respeito pelos seus funcionários e pelos seus passageiros que também foram deixados à sua sorte no referido aeroporto, num setor, fortemente regulado por autoridades nacionais e europeias", criticava o SNPVAC.

Fotografia encenada

As críticas do sindicato eram sustentadas por uma fotografia, na qual se viam vários funcionários da Ryanair a dormir no chão. Porém, essa fotografia terá sido manipulada. Imagens captadas por uma câmara de vigilância do aeroporto de Málaga, reveladas nesta quarta-feira pela própria companhia de aviação, mostram os tripulantes reunidos num canto da sala a dirigirem-se para o lado oposto do espaço. Posteriormente, deitam-se no chão e fazem de conta que dormem enquanto outro funcionário tira a fotografia.

Já com a fotografia finalizada, os tripulantes levantam-se e regressam ao local onde estavam sentados.

As imagens agora conhecidas provam a tese que a Ryanair tinha apresentado logo que foi publicada a fotografia. "Esta imagem é claramente encenada e nenhum tripulante dormiu no chão", assegurou, então, fonte da empresa. A Ryanair explicou ainda que, devido à tempestade Leslie, que afetou o aeroporto do Porto, alguns voos foram desviados para Málaga, cidade que tinha os hotéis lotados. Deste modo, a tripulação passou - declarou a Ryanair - um breve período de tempo na sala de tripulantes antes de ser colocada num lounge VIP, tendo regressado ao Porto no dia seguinte.