Negócios

Novo Banco dá descontos de 67% ao "rei dos frangos"

Novo Banco dá descontos de 67% ao "rei dos frangos"

O Novo Banco concedeu ao empresário José António dos Santos, dono do grupo Valouro e acionista da Benfica SAD, um desconto de 67% na compra de uma carteira de créditos sobre imóveis de valor elevado, como uma quinta em Sintra e um palacete no Estoril.

O banco formalizou o negócio, em dezembro do ano passado, com as empresas Predicado Rústico e Perfil Curioso, controladas por José António dos Santos, conhecido por "rei dos frangos". Em conjunto, as sociedades compraram ao Novo Banco carteiras de crédito de 17,4 milhões de euros, pagando apenas 5,7 milhões, de acordo com escrituras a que o semanário "Expresso". Eram créditos de duas devedoras da área imobiliária com acionistas comuns, que o NB tratava num único dossiê, denominado "Portefólio Gameiro", escreve o jornal.

Uma das cessões de crédito envolveu a aquisição, pela Predicado Rústico, de créditos de 6,1 milhões de euros que o Novo Banco tinha sobre a empresa Premierconsulting. O banco aceitou vendê-los por 1,95 milhões e José António dos Santos adquiriu direitos sobre os imóveis associados a essa carteira, como a Quinta da Arriaga, em Sintra, o palacete Villa São Paulo, no Estoril, um prédio no Chiado, em Lisboa, entre outros.

"Apesar de ter vendido os créditos em dezembro, a 9 de janeiro o NB [Novo Banco] participou ainda numa assembleia de credores da insolvente Premierconsulting, fazendo aprovar, como maior credor, a decisão de levar a leilão o património dessa sociedade, incluindo a venda, por um mínimo de €3 milhões, da quinta em Sintra", lê-se na notícia.

Questionado pelo "Expresso" sobre o desconto na operação e o porquê de ter participado na assembleia de credores da Premierconsulting sem informar que já tinha vendido os créditos, o Novo Banco não quis comentar. Segundo apurou o jornal, a participação do banco nessa assembleia foi articulada com José António dos Santos, que ainda não estaria legalmente habilitado a participar na assembleia de credores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG