"Alimentação no futuro": ciência e tecnologia que se serve à mesa

"Alimentação no futuro": ciência e tecnologia que se serve à mesa
Produzido por:
Brand Story

A conferência "Alimentação no futuro" vai debater estratégias e soluções para este desafio. Evento acontece esta quarta-feira, 9, em Lisboa.

Esta quarta-feira, 9, a conferência "A alimentação no futuro" junta cientistas e empreendedores na Aula Magna, em Lisboa, para discutir estratégias que assegurem comida para uma população mundial em franco crescimento. A ciência e a tecnologia já estão a desenvolver soluções para responder ao desafio, garantem peritos.

Pedro Graça, diretor da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, vai abordar as questões ligadas à produção de proteína e à sua importância para o corpo humano. "Poderemos ter, no futuro, fornecimento de proteína que não aquela que tradicionalmente consumimos", destaca, exemplificando com farinhas à base de inseto que já são produzidas em Portugal. O curador científico do programa e professor no Instituto Superior Técnico, Tiago Domingos, refere que será cada vez mais importante "reconciliar a alimentação com a necessidade de responder às alterações climáticas". Esta reconciliação obrigará a encontrar formas mais sustentáveis de agricultura, um dos temas em destaque no evento.

A redução do impacto negativo no meio ambiente estará no centro do debate "Produção de carne bovina com menor impacto ambiental: Green Beef", moderado pela diretora do DN Rosália Amorim. A conversa contará com exemplos da Best Farmer, representada por José Fraga, e da Terraprima, pelas palavras de Nuno Rodrigues, a que se juntará a perspetiva académica de Rui Bessa, da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa. "Iremos procurar soluções sem qualquer receio, signifique isso produzir carne de uma maneira nova ou que temos de substituir a carne", antecipa Pedro Graça. O papel das leguminosas na roda dos alimentos será ainda o foco da intervenção da investigadora Marta Vasconcelos, da Escola Superior de Biotecnologia, que vai mostrar como a ciência está a melhorar a sua produção.

Adaptação, inovação e sustentabilidade serão palavras recorrentes durante o evento, organizado pelo Grupo Jerónimo Martins, com transmissão via streaming a partir das 09h30. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em www.alimentacaonofuturo.pt.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG